Ganso e Jadson provaram que podem – e devem – jogar juntos

Amigo são-paulino, leitor do Tricolor na Web, pela manhã escrevi um editorial levantando a possibilidade de a escalação do time para este jogo contra o São Bernardo conter uma “pegadinha” para Ganso, pois com Maicon o meio de campo ficaria fraco e o time vulnerável. Se Ney Franco pensou assim, se deu mal, muito mal.

Ganso e Jadson provaram que podem – e devem – jogar juntos. Que Ganso está abaixo do nível dos demais jogadores, é fato. Mas ele não tem tido ritmo de jogo e isso tem dificultado, e muito, sua recuperação plena. Mas o nível técnico apresentado pelo time melhorou consideravelmente. Mesmo Maicon, que não transmite segurança na marcação, deu qualidade à saída de bola e fez com que, com o domínio da bola, fosse quase impossível o São Bernardo roubá-la e os lances iam acontecendo pouco a pouco.

Por outro lado a defesa sofreu com esta falta de marcação, já que Denilson não é primeiro volante e ficou perdido, sobrecarregado, com a cabeça de área.

Outra questão: Rodrigo Caio fez uma bela partida, marcou até um gol, mas nota-se claramente ter dificuldade de jogar como lateral. É um bom volante. Eu temo que ele venha a ser mais volante, como foram Jean e Arouca, por exemplo, queimado jogando de lateral.

Grata surpresa, também, foi Thiago Carleto. Marcou bem, atacou em eficiência, chutou uma bola na trave, fez o cruzamento que resultou no segundo gol, enfim, se não é o lateral dos sonhos, ao menos está melhor que Cortez.

De resto, sei que o adversário foi o São Bernardo, mas acho que esse time, com pequenos ajustes, pode dar alguma esperança para nós. Ganso e Jadson no meio, com Osvaldo e Luis Fabiano no ataque, nos dará uma espécie de quadrado mágico. Se tivermos dois bons volantes de marcação, como Wellington e Denilson, ou Wellington e Fabrício, ou Rodrigo Caio e Fabrício, enfim, dois volantes de chegada para marcar o que os outros quatro não marcam, poderemos ser felizes.

E fico satisfeito pois, na entrevista coletiva, Ney Franco disse que vai manter o time para sábado, contra o Bragantino.  Que bom!

2 comentários em “Ganso e Jadson provaram que podem – e devem – jogar juntos

  1. Quero muito que essa nova formação dê certo! Jogar com dois meias com a qualidade de Jadson e Ganso vai fazer uma diferença absurda.
    Queria ver um pouco mais de chances para o Fabrício pra saber até que ponto pode-se contar com ele, sendo que o Denílson e o Wellington andam oscilando. Queria muito também que o Ney Franco tivesse coragem e botasse o Luís Fabiano no banco um pouco, ele é um cara de mais de 30 anos que só sabe falar que vai deixar de ser um imbecil, mas na hora do vamos ver continua o mesmo moleque que saiu do São Paulo anos atrás. Seria legal dar uma sequência de jogos para ver até onde chega o Aloísio e também o Wallyson.

  2. O seu comentario diz tudo.

    Temos material humano para montar um bom time.

    O que nao temos infelizmente, e um trenero com visao de jogo.

    Ta comecando a enxergar por vias tortas.

    FAlta muito ainda.

    LA PAZ ta logo ali.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*