O M1TO e o Expressinho fizeram outra vítima

Amigo são-paulino, leitor do Tricolor na Web, o Expressinho do São Paulo, reforçado por Rogério Ceni, foi a Campinas e não tomou conhecimento do adversário. Fez 2 a 1, com direito a um golaço de falta do M1TO.

Desde o princípio já dava para perceber que o resultado nos seria favorável. O time começou marcando pressão na saída do Guarani. E teve a primeira chance cedo, desperdiçada de maneira bisonha por Aloísio. Mas caberia a ele mesmo marcar o primeiro gol. Como também caberia a ele perder mais dois gols, um dos quais de forma inacreditável.

Paulo Henrique Ganso tentou chamar o jogo para ele. No primeiro tempo sempre procurou estar bem posicionado e, com toques rápidos, fez o time girar. Maicon fazia ótima partida pelo meio, mas evitava as descidas. Quando se soltou, melhorou seu desempenho, mas fez com que Ganso sumisse em campo.

Notoriamente o preparo físico de Ganso ainda não é ideal. Tanto que Ney Franco o deixou até o fim, mas ele, a partir dos 39 minutos do segundo tempo, visivelmente se arrastou em campo.

Outro que preciso destacar, só que negativamente, é Cañete. Jogador que ficou mais de um ano no departamento médico, que precisa mostrar serviço, teve seu contrato prorrogado recentemente, entra bem em alguns jogos, vira unanimidade para ser titular, e quando começa jogando vai muito mal, como o foi contra o Santos, e pior ainda hoje, quando além de estar mal, foi expulso de maneira fútil. Não é este Cañete que queremos.

Agora é descansar e carregar as baterias para quarta-feira. Aquele é o nosso jogo. Aquele é o nosso campeonato.Então vamos nos preparar para isso.

3 comentários em “O M1TO e o Expressinho fizeram outra vítima

  1. Eu acho que a escalação do SPFC pra jogar em Belo Horizonte deveria ser.

    Rogerio Ceni , Rodolpho ,Rafael Toloi , Lucio , Douglas ,Denilson ,Wellington , Cortes ,Jadson ,Osvaldo e Luis Fabiano.

    3 5 2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.