Zagueiro Paulo Miranda cobra R$ 200 mil do São Paulo na Justiça

O zagueiro Paulo Miranda, atualmente jogando pelo Red Bull Salzburg, da Áustria, entrou na Justiça na semana passada contra seu ex-clube, o São Paulo, para receber cerca de quatro meses de direitos de imagem que o Tricolor lhe deve desde o ano passado.

João Henrique Chiminazzo, advogado do jogador, em contato por telefone com a Gazeta Esportiva confirmou o processo e disse que o São Paulo tinha um acordo com o zagueiro para pagar a dívida de cerca de R$ 200 mil até setembro de 2015. Após não efetuar o pagamento, a diretoria são paulina foi procurada por Paulo Miranda, que seguiu sem respostas e decidiu lutar pelo seu pagamento.

No São Paulo de 2013 a 2015, Paulo Miranda disputou 138 partidas, fez 5 gols e foi vendido na janela de transferência de meio de ano, em junho, ao Red Bull Salzburg, por aproximadamente R$ 9,41 milhões, dos quais R$ 3,8 ficaram com o clube. À época, o Tricolor teve problemas em pagar os direitos de imagem de alguns jogadores negociados, mas Paulo Miranda foi o primeiro a se pronunciar sobre o caso.

Recentemente, o jogador teve o seu nome vinculado ao Corinthians, que buscava um defensor para a iminente saída de Gil. Mesmo com o interesse e o aval de Tite, no entanto, ele teve sua transferência preterida para a chegada de Fabián Balbuena, paraguaio que estava no Libertad.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Zagueiro Paulo Miranda cobra R$ 200 mil do São Paulo na Justiça

  1. Então! Não pagam o profissional mas quando receberam pela venda do Boschillia pagaram, rapidinho, todas aqueles que tinham direito às famosas “começões”.
    E tudo continua como dantes no quartel…
    Alguém aí já viu algum auditor auditando o clube?
    E as famosas comissões de processamento que deveriam apurar os malfeitos das diretorias anteriores? Será que alguém lá de dentro tem medo de que, em se investigando, coisas tenebrosas, como participação em regalias e, quem sabe, em “começões”, possam aparecer. Afinal, se o Aidar ofereceu ao Antaíde parte de suas comissões, será que outros não teriam aceitado as suas???
    Umas derrotas, como a de ontem, ajudam a não esquecermos o que realmente não presta no SP: quem comanda…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*