Zagueiro defende Muricy e imagina melhora após semana cheia

Com a semana toda para trabalhar o São Paulo até o próximo compromisso do Campeonato Brasileiro, Muricy Ramalho tem priorizado treinos técnicos e de fundamento. Até a manhã desta quarta-feira, nenhuma escalação foi ensaiada pelo treinador no CT da Barra Funda. Mas o tempo restante será o suficiente para garantir uma evolução da equipe, acreditam os atletas.

“Nós teremos ainda vários treinamentos antes da próxima partida. O Muricy sempre faz o trabalho visando nosso adversário. Ele vem fazendo um bom trabalho, e a equipe tem jogado bem. Falta vencermos os jogos”, defendeu o zagueiro Rafael Toloi, que passou o primeiro semestre emprestado à Roma, não vê diferença no método de trabalho do chefe atual para o que ele encontrou em sua experiência no futebol europeu.

“A forma é a mesma. Na Europa, também se treina bastante em campo reduzido. Acho que a cultura é um pouco diferente. Nesse tempo que estive lá, joguei só de fim de semana, tinha tempo de trabalhar, me recuperar. No Brasil, é mais puxado. Acho que, na Europa, você tem mais tempo de trabalhar. Aqui, agora estamos tendo essa semana livre para trabalhar bastante e fazermos um bom jogo”, acrescentou.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Rafael Toloi, que passou o primeiro semestre na Itália, defendeu o método de trabalho de seu atual treinador

A próxima partida no Campeonato Brasileiro, no qual o São Paulo não vence há três jogos, será no domingo, diante do Vitória, no Morumbi. Apesar do retorno de Antônio Carlos, recuperado de dores na panturrilha esquerda, Toloi está garantido como titular por conta da lesão de Rodrigo Caio no joelho esquerdo – o jogador de 20 anos voltará a atuar apenas em 2014.

 

Apesar de a programação do São Paulo prever trabalho em dois períodos tanto na terça quanto nesta quarta-feira, Toloi e seus companheiros de elenco deverão ser ensaiados como time somente na sexta-feira, em atividade previamente agendada para o Morumbi.

Além de Rodrigo Caio, o atacante Luis Fabiano ainda não deverá ter condição de jogo, pois segue em recuperação de lesão muscular na coxa direita. Por outro, o meia Kaká e o atacante Osvaldo deixaram o Reffis, juntamente com Antônio Carlos, e estão à disposição de Muricy.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Zagueiro defende Muricy e imagina melhora após semana cheia

  1. Treinar em campo reduzido não treina o time a como jogar compactado no campo normal de jogo. Ao contrário, o treino deve ser realizado em campo tamanho normal, e os jogadores incitados a permanecerem com as linhas – defesa, meio e ataque – mais próximas, segundo a vontade do treinador e a melhor forma existente hoje de se jogar futebol. O fator “campo reduzido” obriga os times a ficarem mais próximos mas, quando voltam para o tamanho normal, o velho hábito prevalece e o time fica jogando com espaços de mais de 50 metros entre a primeira e a última linha, inviabilizando qualquer contra-ataque de velocidade e pressão na saída de bola adversária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*