Volante do SP discute com auxiliar e Bauza elogia: “Mostra que tem caráter”

O volante Thiago Mendes discutiu brevemente com a comissão técnica do São Paulo ao ser substituído durante o segundo tempo da vitória sobre o Oeste, neste sábado (2), no Morumbi – que veio nos acréscimos -, e acabou tendo a postura elogiada pelo técnico Edgardo Bauza. Após o jogo, o treinador argentino afirmou que a atitude do volante mostra que ele “tem caráter”.

“Quanto à discussão de Thiago, há muitas discussões. Foi uma discussão tonta na saída. Gosto que haja discussões e brigas, isso é bom. Mostra que tem caráter”, falou o treinador, em entrevista coletiva.

Bauza também não gostou da análise crítica sobre o jogo. O São Paulo perdeu o quinto pênalti do ano e acabou conseguindo a vitória a poucos minutos do fim, com gol do zagueiro Maicon. “Hoje nós controlamos o jogo. Como ganhamos no final ficam algumas dúvidas, mas eu não tenho nenhuma dúvida que fomos superiores”, disse o treinador.

“Não confio na sorte. O que me deixa satisfeito é que o time domina o jogo. Cada jogo é decisivo e estamos jogando com a cabeça pensando nisso. Temos inconvenientes de jogadores machucados. Vamos colocar toda a energia no Trujillanos”, completou o treinador, projetando o jogo decisivo pela Copa Libertadores, na próxima terça-feira, no Morumbi.

Sem um dos volantes no fim do segundo tempo, o São Paulo teve um homem ofensivo a mais e conseguiu mais oportunidades. Questionado se essa pode ser a formação contra o Trujillanos, Bauza desconversou.

“Não posso assegurar, mas igualmente a equipe controlou todo o jogo, primeiro tempo o Oeste teve duas chances e chegou em uma, duas, e depois São Paulo controlou. No segundo tempo fomos mais profundos. Isso foi o que nos deu mais possibilidades de gol, chegar mais por fora. Pedimos para Kelvin, que entrou, que Mena passe para abrir campo e isso nos deu possibilidade. Era um jogo para ganhar mais tranquilo. Erramos um pênalti outra vez, teria mudado a história. Em linhas gerais sofreu muito, mas se tira o resultado o time foi superior ao rival e ganhou bem o jogo”, falou.

 

Fonte: Uol

3 comentários em “Volante do SP discute com auxiliar e Bauza elogia: “Mostra que tem caráter”

  1. Técnico bunda mole, tem medo dos medalhões.
    Manda esse jogadorzinho ficar quieto, não está jogando nada pra reclamar.
    Bauza, um bunda mole, um Muricy argentino que também abre as pernas pros medalhões.

  2. Thiago Mendes foi substituído em 9 jogos do SPFC este ano:
    – Cerro Porteño-PAR (saiu com o time vencendo por 1 x 0)
    – César Vallejo-PER (empatando por 1 x 1)
    – Corinthians (perdendo por 1 x 0, terminou 2 x 0)
    – Grêmio Novorizontino (vencendo por 1 x 0, terminou 2 x 0)
    – Ponte Preta (perdendo por 1 x 0)
    – São Bernardo (empatando por 1 x 1, terminou 1 x 3)
    – Santos (perdendo por 1 x 0, terminou 1 x 1)
    – Linense (empatando por 0 x 0, terminou 1 x 1)
    – Oeste (empatando por 1 x 1, terminou 2 x 1)

  3. A única coisa que vejo de superioridade é a posse inútil da bola; no mais, marcou dois gols por sorte (a sorte, no segundo, foi o desespero do Maicon que o levou a estar dentro da grande área para aproveitar o rebote do goleiro. Se o Calleri ou o Kelvin tivesse sido o autor do gol, aí sim, não haveria a conotação da sorte).
    Reclama dos pênaltis perdidos mas não cumpre seu dever de definir quem é o batedor do time e treina-lo muito pra isto.
    Outra coisa: duvido que tenha gostado da insubordinação do Tiago, que, diga-se de passagem, não está jogando nada e credito isto ao fato de que o time não possui um esquema tático definido. O Tiago, com certeza, também pensa assim e, por isso, se revolta por ser sempre ele a sair, na hora que bate o desespero no treinero e ele enche o time de atacantes…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*