Vice pena por reforços e põe fé só em Cañete entre os emprestados

Faltam apenas dois jogadores para a diretoria do São Paulo fechar a lista de reforços pretendidos por Muricy Ramalho. O clube ainda busca um zagueiro canhoto e um atacante velocista, mas tem encontrado dificuldade, segundo seu vice-presidente de futebol.

“Não há restrição de nacionalidade, pode ser brasileiro, argentino, chileno, húngaro. Mas não estamos encontrando. O mercado sul-americano é interessante, mas você pega argentinos e chilenos, que são os melhores mercados daqui, e os melhores já têm destino europeu”, disse à Rádio Bandeirantes.

Para a defesa, alguns nomes discutidos internamente para a defesa foram Dória (Olympique de Marseille) e Réver (Atlético-MG). O primeiro exigiria enorme esforço financeiro, ao passo que o último não foi avalizado pela comissão técnica. No ataque, o principal alvo de Muricy era Wellington Nem, atacante rápido que defende o Shakhtar Donetsk e, de acordo com Ataíde, deverá se transferir para a China.

Se encontra dificuldade para achar os últimos reforços, a diretoria do São Paulo comemora o fato de estar próxima de se livrar de atletas emprestados. “Espero que até fevereiro não tenha mais nenhum lá”, falou o vice de futebol, que disse ter se antecipado para encontrar outro destino àqueles que retornariam em janeiro. A única exceção é Cañete, meia argentino cujo vínculo se encerra na metade de 2016 e, na visão do dirigente, tem potencial.

“Ao Clemente Rodríguez (lateral argentino encostado em Cotia), fiz uma proposta de pagar 50% do restante do contrato para liberá-lo para procurar alguma coisa. O Cañete, infelizmente não tem mais motivação no São Paulo. Nós o emprestamos ao Náutico, que não é um time de primeira, onde ele poderia se destacar. Tenho procurado grandes times para ele, porque acho que ele tem muito a dar ainda. O resto, estamos encaminhando”, comentou.

Ataíde ainda negou que o atacante Osvaldo esteja de saída, pois não recebeu nenhuma proposta. Além disso, ratificou que o lateral esquerdo uruguaio Álvaro Pereira, com quem conversará na reapresentação do elenco, terá que cumprir seu contrato de empréstimo até o meio do ano, a despeito de qualquer insatisfação pela chegada de Carlinhos, mais um concorrente na posição.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.