Vice do São Paulo espera “limpeza” na CBF e sugere Felipão e Muricy

 

Desde a renúncia do desafeto Ricardo Teixeira na presidência da CBF, o São Paulo tem na entidade um aliado no cargo: José Marian Marin. E o vice-presidente de futebol do clube, João Paulo de Jesus Lopes, acredita na demissão de Mano Menezes após o fracasso na busca pelo ouro olímpico e até indica dois nomes empregados em clubes rivais para ser técnico da Seleção Brasileira.

“Gosto do Felipão, um técnico experiente que já esteve lá e sabe como funciona, e o Muricy Ramalho, um técnico vencedor que conquistou títulos por onde passou nos últimos anos”, sugeriu o dirigente, falando, respectivamente, dos treinadores de Palmeiras e Santos.

O vice-presidente de comunicação e marketing do clube, Julio Cesar Casares, defende a contratação do treinador campeão da Libertadores no ano passado e que conquistou pelo Tricolor paulista os Brasileiros de 2006 a 2008 – voltou a ficar com o título nacional em 2010, pelo Fluminense. “Eu apostaria no Muricy Ramalho”, falou Casares à rádio Bandeirantes.

Independentemente de quem for contratado, a necessidade da demissão de Mano Menezes é clara. “Estamos a dois anos da Copa do Mundo. Não consigo enxergar qualidade nesta comissão técnica para fazer o Brasil ser campeão mundial”, opinou Jesus Lopes sobre o trabalho de um treinador que não foi além das quartas de final da última Copa América nem deu ao País o ouro olímpico, única conquista que falta ao futebol brasileiro.

Marin já declarou: o técnico, que comandará a Seleção em amistoso contra a Suécia nesta quarta-feira, não será demitido imediatamente após o time ter colocado a frustrante medalha de prata no peito. Mas no São Paulo existe a crença de que o emprego estará vago em breve.

“Vão cair de maduro e sair de lá. Espero que o presidente Marin faça a limpeza necessária. Tem gente que nunca deveria ter ido para lá”, criticou Jesus Lopes, que, como toda a cúpula são-paulina, não tem bom relacionamento com Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians e hoje diretor de seleções da CBF.

O que mais incomodou os dirigentes do São Paulo é o fato de ver Lucas, protagonista da vendamais cara do futebol brasileiro ao ser negociado por R$ 108,3 milhões com o PSG na quarta-feira, sair do banco jogar menos de dez minutos na final olímpica perdida para o México. “É o início do fim”, definiu Jesus Lopes.

 

 Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “Vice do São Paulo espera “limpeza” na CBF e sugere Felipão e Muricy

  1. Boa Noite a todos os sãopaulinos.
    Concordo com o João e o Luiz Guilherme e acrescento, esperamos
    essa limpeza no São Paulo FC a começar pelo JJ. e terminra nesse
    elenco horroroso que temos.

  2. E vc Jesus Lopes, vai se retirar da diretoria do São Paulo?

    Não aguento mais sua turma, essa soberba e falta de competência estão matando o São Paulo.

    Eu não vejo o time do São Paulo em condições de brigar com os postulantes ao título e libertadores.

    Qdo vc e sua turma deixarão o São Paulo?

  3. em vez de Jesus Lopes o pateta do Morumbi ,se preucupar com a seleção??? porque não se preucupa mais com São Paulo que esta com um elenco horroroso e patinando pela tabela no Brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*