Vice do São Paulo diz que Alvaro fica, revela parceria e quer comprar Pato

O vice-presidente de futebol do São Paulo, Ataíde Gil Guerreiro, jogou um banho de água fria nas pretensões de Alvaro Pereira e do Palmeiras ao afirmar que o uruguaio vai cumprir contrato com o clube até o dia 30 de junho. Nos últimos dias, foi revelado o interesse do rival em ter o lateral-esquerdo no ano que vem, e o dele em deixar o Tricolor. Alvaro está insatisfeito com a aquisição de Carlinhos, concorrente na posição. O presidente Carlos Miguel Aidar também não colocou empecilhos para liberá-lo. Ataíde, porém, discorda e foi enfático.

Em longa entrevista à Rádio Bandeirantes, o dirigente falou ainda sobre a possibilidade de uma parceria com o Nacional para disputar a Série A3 do Campeonato Paulista, seu relacionamento com o técnico Muricy Ramalho, a busca por um substituto para Kaká, a contratação de Thiago Mendes, que interessava ao Palmeiras, e o desejo de contratar Alexandre Pato, do Corinthians, no fim de seu empréstimo, em dezembro de 2015.

Confira os principais trechos da entrevista:

ALVARO PEREIRA

– Ele não irá embora do São Paulo. Tem contrato até dia 30 de junho e vai cumprir. Um jogador não pode ficar com beicinho. Vá à luta e procure ser titular. Ele tem um grande caráter, é um sujeito de personalidade, que se esforça para jogar. Tenho todo respeito pelo profissionalismo dele. O presidente quer liberar o Alvaro? Eu não quero. Nosso regime é presidencialista, mas somos pessoas civilizadas. Vamos colocar os argumentos sobre a mesa e vence o melhor.

CONCA

– Não tenho condições de negociar, sei o salário dele. Ele cairia muito bem no São Paulo, mas é um objetivo inatingível.

DUDU

– Eu gostaria de contratar, mas ele está muito bem encaminhado ao Corinthians. O Flamengo também está atrás. As bases são elevadas, não terei condições de concorrer com eles.

THIAGO MENDES

– O Palmeiras fez uma proposta que não tínhamos condição de igualar, mas esse rapaz quer ter visibilidade, quer jogar na Europa. E, felizmente, teremos mais visibilidade neste ano por conta da Libertadores. Fosse o contrário, ele iria para o Palmeiras. É um garoto promissor. Ele e os investidores querem a Europa rapidamente. Eu espero conseguir segurá-lo por uns três anos.

RODRIGO CAIO

– No ano passado, ele quase foi negociado com o Monaco. Eu o chamo de capitão do Reffis, coitado, pelo tempo de sua recuperação. Mas agora está começando a correr. Quero que ele faça mais duas temporadas em alto nível, depois ele merece ir para a Europa.

ZAGUEIRO

– Estou procurando um zagueiro canhoto, mas não estou achando. Já me ofereceram um monte, mas nenhum agradou o Muricy. O elenco só tem um canhoto, o Edson Silva. O Muricy quer outro.

ELENCO

– O Muricy disse que não tinha elenco para disputar todas as competições. Tomei o cuidado de pegar todos os campeonatos, quando os jogos vão se encavalar, e pedi a quantidade de jogadores que a comissão técnica quer. Não vou admitir dizerem que não temos elenco se já sabemos a quantidade de jogos que teremos. Montei um elenco para ser campeão no ano passado e, por uma série de razões, não ganhamos nada. Já conversei com a comissão técnica, estou completando o elenco para ser campeão. Quero ser protagonista no Brasileiro, na Copa do Brasil e na Libertadores, e utilizar o Campeonato Paulista como laboratório.

PAULISTÃO

– Vamos usar os jovens que já estão no time profissional e fazer com que os principais jogadores possam ficar na Libertadores.

PARCERIA

– Estou quase acertando com o Nacional Atlético Clube para assumir todo o departamento de futebol e disputar a Série A3. A intenção é que o Nacional seja nosso time B com jogadores que saem da nossa base. O Muricy terá condição de acompanhar, é só atravessar a rua (a sede do Nacional fica em frente ao CT da Barra Funda). O presidente Ayrton Santiago tem sido muito gentil. Estou correndo, se não conseguir fechar para a A3, vou tentar fechar para a Copa Paulista. Quero que o Nacional seja o segundo time dos são-paulinos e dispute as preliminares dos nossos jogos.

SUBSTITUTO DO KAKÁ

– Eu queria trazer um jogador da expressão do Kaká para causar impacto positivo na torcida, nem precisava ser da posição dele. Infelizmente, com os recursos que temos, não consegui. Desisti.

PATO

– Sou o maior fã do Pato no São Paulo. Ele fez partidas muito boas e vai crescer muito. Teve uma contusão que o afastou das finais, mas voltará bem das férias. Se eu tiver condições em dezembro do ano que vem, gostaria de ficar com ele em definitivo.

BRENO

– Eu o recebi hoje e disse: “Rapaz, você está vindo porque é um grande atleta e já pagou à Justiça tudo que tinha para pagar. Passe uma borracha no passado e não pense mais nisso. A torcida adversária vai te mandar pro Botafogo. Confie em você. Está tudo à sua disposição, os departamentos psicológico, médico, fisiológico, físico, nutricional. E não se precipite”. Ele está seis quilos acima do peso ideal, já esteve 18. Não penso nele a curto prazo. Os médicos são mais otimistas. Por tudo que ele passou, é preciso ter paciência.

AIDAR x JUVENAL

– Não há a menor possibilidade de chegar ao grupo de jogadores, eles nem sabem o que está acontecendo. O Muricy é uma pessoa muito forte e não deixa isso acontecer. Sabe levar o elenco e colocar todo mundo no seu lugar. Nem tem que discutir isso.

MURICY

– Nos damos muito bem, com respeito mútuo. Ele sabe que jamais vou opinar no futebol, mas que o comando é meu. O técnico não é dono do clube, nós conversamos sem nenhum problema, é um relacionamento muito bom. Quando eu o vejo dizer que estamos demorando para contratar, eu chamo e falo que não tem que falar isso externamente. Primeiro porque ninguém está demorando, e não cabe ao técnico falar isso.

ROGÉRIO CENI

– Ele vai ser o titular do Paulistão, mas terei uma missão muito difícil: conversar com o Rogério para que o Denis seja o goleiro em algumas partidas. Se ele vai se aposentar no meio ou no fim do ano, gostaríamos de ter o Denis em ritmo de jogo. Sei que o Rogério gosta de participar sempre e ele me dá uma explicação importante. Como ele não tem condição de treinar constantemente, pela idade e pelos esforços, a partida é o treino para a próxima partida. Esse é o argumento dele, o meu é que precisamos dar cancha ao Denis. Quem escala é o Muricy, quero ver se ele consegue fazer isso, dentro das possibilidades.

SÃO PAULO x CORINTHIANS

– Será excelente para o público em geral. É ruim para São Paulo e Corinthians, que poderiam se enfrentar lá na frente na Libertadores, mas será um espetáculo sensacional. Se tivermos juízo, nós do São Paulo, e também do lado do Corinthians, sem acirrar as torcidas, só competindo.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Vice do São Paulo diz que Alvaro fica, revela parceria e quer comprar Pato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.