Valorização do euro faz venda de Lucas subir para R$ 117,8 milhões

A venda do atacante Lucas para o Paris Saint-Germain, da França, segue aumentando os lucros do São Paulo. Mesmo sem ainda receber o depósito dos franceses, a diretoria tricolor sabe que o valor será R$ 10 milhões maior do que o estipulado em agosto, quando a venda foi concretizada. Isso graças à valorização do euro sobre a moeda brasileira no último semestre.

Lucas foi vendido em 8 de agosto por 43 milhões de euros, cerca de R$ 107,5 milhões, já que na ocasião um euro era o equivalente a R$ 2,5. Agora, como a moeda europeia está mais valorizada (1 euro vale R$ 2,74), o São Paulo receberá R$ 117,8 milhões referentes à venda do seu camisa 7, uma vez que as duas partes acertaram que o depósito só seria feito no início de 2013, quando o atleta fosse apresentado.

– Ainda não recebemos do PSG. Tínhamos a opção de receber o dinheiro antes, ou só agora. Receber antes era mais complicado, pois precisávamos fazer um seguro (já que Lucas ainda ficaria seis meses atuando pelo Tricolor), dependíamos do aval do banco, muitas coisas… – lembrou o presidente Juvenal Juvêncio, em entrevista à rádio Bandeirantes. – Além disso, ainda nos custaria caro, algo em torno de R$ 2 milhões, para termos o dinheiro dois ou três meses antes. O fato de termos esperado vai fazer com que ganhemos um pouco mais.

A data da apresentação de Lucas no clube francês ainda não está definida, nem o local. O certo, por enquanto, é que o ex-são-paulino embarca nos próximos dias (depois do Natal) para o Qatar, para encontrar a delegação do PSG, que estará no país para disputar um amistoso contra o Lekhwiya, dia 2 de janeiro.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*