Vaga antecipada para a Libertadores pode render titularidade a Cañete

O argentino Marcelo Cañete não será relacionado para a partida contra o Náutico, no domingo, mas pode ganhar chance como titular na 37ª rodada do Brasileirão, contra a Ponte Preta, se o São Paulo garantir a classificação para a Libertadores no próximo jogo.

– De repente, os dois últimos jogos (do Brasileirão) podem servir como apoio para a Sul-Americana. Aí sim teremos que priorizar a Sul-Americana. E isso significa que você pode aproveitar para recuperar alguns jogadores, como o próprio Ganso, Cañete e alguns jogadores da base. Mas isso não está definido porque o jogo contra o Náutico é muito difícil, e, se não ganharmos, o jogo contra a Ponte Preta será mais importante – disse o técnico Ney Franco, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, no CT da Barra Funda.

Para garantir a classificação, o São Paulo tem que vencer o Náutico e torcer para o Botafogo não ganhar do Sport, na Ilha do Retiro. Assim, o Tricolor abriria sete pontos para o quinto colocado do Brasileirão, e asseguraria a vaga para a Libertadores do ano que vem.

Cañete chegou ao São Paulo em julho do ano passado, com problemas musculares na coxa direita. Quando jogou, em setembro, teve grave lesão nos ligamentos do joelho da mesma perna, e não voltou a atuar desde então. No último domingo, ele foi relacionado e viajou com o elenco para o jogo contra o Grêmio, no Olímpico, mas foi cortado do banco de reservas. Contra o Náutico, ele não terá nova chance, pois o time já terá Paulo Henrique Ganso entre os suplentes.

– Cañete foi para o jogo contra o Grêmio, poderia estar no banco agora, mas, por coerência, achei que não precisaríamos estar com dois jogadores fora de ritmo no banco, devido à importância do jogo. Depois do jogo contra o Náutico, contra a Ponte Preta, podemos ter o Cañete, o Ganso, dependendo do resultado – acrescentou Ney Franco.
Fonte: Lance – Foto: Vipcomm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*