Últimos jogos do São Paulo podem ser decisivos para Ricardo Gomes

Vai ser difícil para o elenco são-paulino encontrar motivação para as duas rodadas finais do Campeonato Brasileiro. A equipe não tem mais chances nem mesmo de conquistar uma vaga no G6 e também está livre do risco de rebaixamento. Além disso, deve encarar o time reserva do Atlético-MG, já que o Galo está focado nas finais da Copa do Brasil, e um Santa Cruz já rebaixado no derradeiro compromisso antes das férias. Mas, a preleção de Ricardo Gomes terá de ser convincente, caso o próprio treinador não queira aumentar ainda mais a pressão sobre o seu cargo.

Isso porque nem mesmo a atual cúpula tricolor já banca o nome de Ricardo Gomes para 2017. Publicamente, o presidente Leco faz questão de garantir que o atual comandante seguirá para a próxima temporada. No entanto, os tropeços contra Grêmio e Chapecoense e a pressão de conselheiros e de pessoas próximas aos dirigentes têm deixado a situação instável novamente.

Sob o comando de Ricardo Gomes, o São Paulo perdeu sete jogos, ganhou seis e empatou cinco (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
Sob o comando de Ricardo Gomes, o São Paulo perdeu sete jogos, ganhou seis e empatou cinco (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Antes, Rogério Ceni era o único ‘problema’ para Ricardo Gomes. Agora, não. Mesmo que o ex-camisa 01 decida retardar seu retorno à equipe do Morumbi, outros nomes podem ser avaliados para tocar o time a partir da pré-temporada. Nesse caso, o entrave é a falta de consenso em um substituto. Leco e companhia preferem dar a Ricardo Gomes tempo de trabalho e um grupo de atletas mais forte para que o técnico tenha condições de apresentar resultados melhores. Porém, o grupo que lidera as diretrizes do clube está cada vez mais sozinho nessa questão.

Por isso, apenas duas vitórias nas rodadas 37 e 38 do Campeonato Brasileiro podem aliviar um pouco a situação de Ricardo Gomes. Caso o time volte a decepcionar em campo, sua permanência deve ficar insustentável. Vale lembrar que se o São Paulo não alcançar no mínimo a 12ª colocação, a equipe ficará de fora até da Copa Sul-americana e não disputará nenhuma competição continental em 2017, o que não acontece há 14 anos.

Ricardo Gomes assumiu o São Paulo dia 21 de agosto . Desde então, o time do Morumbi entrou em campo 18 vezes, venceu em seis oportunidades, empatou cinco partidas e acabou derrotado em sete jogos. Atualmente, a equipe ocupa apenas a 13ª na tabela de classificação do Brasileirão, com 46 pontos.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Últimos jogos do São Paulo podem ser decisivos para Ricardo Gomes

  1. Não tem motivação?
    Para receber no fim do mês tem?
    Tem motivação sim, tem que mostrar que sairam do rebaixamento por si proprio, pq até agora sairam por incapacidade do Internacional, ganhem os dois jogos que falta e classifique o São Paulo FC para a sul americana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*