Trocas não vingam, e negociação entre Flu e São Paulo por Nenê esfria

Nenê não vestirá a camisa do Fluminense, pelo menos não por agora. As negociações entre Fluminense e São Paulo pela contratação do meio-campista esfriaram após as tentativas de trocas de jogadores não irem à frente. De um lado, os cariocas não querem ceder os atletas pedidos, do outro, os paulistas não desejam perder o meia sem uma contra-partida.

O São Paulo quis uma troca de jogadores e pediu o atacante Marcos Calazans como opção, mas a proposta foi rejeitada pelo Fluminense, que espera uma liberação imediata do atleta. A possibilidade de rescisão, apesar de difícil, não está descartada. A informação foi divulgada inicialmente pelo UOL Esporte e confirmada pelo LANCE!.

O Fluminense, no entanto, ainda não desistiu da contratação do atleta. o Tricolor, que havia negociado com Nenê em janeiro, voltou à carga após a eliminação do São Paulo na fase preliminar da Libertadores, mesmo já tendo acertado com Ganso. Naquela primeira ocasião, Nenê decidiu permanecer após uma conversa com a diretoria.

Para o São Paulo, liberá-lo significaria aliviar a folha salarial, algo visto como fundamental para que a diretoria consiga contratar reforços solicitados por Cuca. O fracasso precoce na Libertadores obriga o clube a refazer seu planejamento financeiro, uma vez que o dinheiro previsto em cotas pagas pela Conmebol e em bilheteria não chegará aos cofres.

 

Fonte: Lance

Um comentário em “Trocas não vingam, e negociação entre Flu e São Paulo por Nenê esfria

  1. Galera,
    Estou ficando farto deste assunto, ou melhor da incompetência da diretoria em resolver este assunto. Ou fica ou vaza. Mas façam um bom negócio! Aparentemente somente o São Paulo paga. O restante leva sem gastos. A negociação com o Botafogo foi ridícula, nem um lateral ou volante, por empréstimo que fosse, até o final do ano. O São Paulo. É muito difícil ver algo que vc ama afundar e você se sentir impotente. Boas ideias acredito que eu e a boa parte da torcida tem. A questão é a fazer chegar, e se estão dispostos a escutar algo de fora das salas esfumaçadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*