Tricolor testa boa sequência em decisão contra o Trujillanos

Diante do Trujillanos e em busca da vaga na próxima fase da Copa Libertadores da América, o São Paulo coloca em prova nesta terça-feira a sequência de seis jogos sem derrota que acumula na temporada. O duelo está marcado para as 21h45 (de Brasília), no estádio do Morumbi, e não pode reservar ao clube nada menos que uma vitória para manter vivas as chances de chegar às oitavas de final.

Com apenas dois pontos conquistados nos três primeiros jogos, os são-paulinos reconhecem que deixaram a desejar, principalmente no 1 a 1 contra os próprios venezuelanos, fora de casa. O rival desta noite tem apenas um, enquanto River, com cinco, e Strongest, com sete, se enfrentam na quarta, no Monumental de Núñez.

Na avaliação do elenco, os jogos tanto desta terça quando o da quarta-feira, dia 13, contra o River Plate, não podem ter outro caminho que não os três pontos na conta da equipe. Dessa forma, seria até possível que, com um empate, o time se classificasse frente ao Strongest, na última rodada, na Bolívia.

“Sabemos das dificuldades e dos nossos erros, mas acreditamos ter boas chances de conseguir essa classificação. Somos o São Paulo e, quem vier para jogar conosco no Morumbi, vai temer. Eu sei bem disso. Temos de usar toda a nossa história a nosso favor”, afirmou o zagueiro Diego Lugano, que é dúvida devido a uma lombalgia. Rodrigo Caio seria o seu substituto.

O retorno ao Morumbi, por sinal, é tratado como o maior trunfo na busca por uma reação. Apesar das duas vitórias e quatro empates nos últimos jogos, o elenco sabe que o futebol apresentado ainda não convenceu a torcida. De acordo com todos, porém, atuar no palco de grandes conquistas históricas do Tricolor será o “empurrão” necessário para embalar na temporada.

“Ano passado não foi nosso melhor ano, apesar de ficar em quarto no Brasileiro e cair na semifinal da Copa do Brasil, e o Morumbi foi muito importante para nós”, analisou o volante Hudson. “O Morumbi tem todo um clima, a torcida se sente mais à vontade de ir. O jogador se sente mais à vontade dentro da sua casa também”, completou o meio-campista, autor do primeiro gol do time após a reforma no gramado, no triunfo sobre o Oeste.

Do outro lado, os venezuelanos dizem ter “acreditado no sonho” com o desempenho no primeiro jogo. É consenso no adversário que o 1 a 1 na Venezuela poderia ter sido uma vitória dos donos da casa, principalmente por causa de um gol desperdiçado nos acréscimos pelo atacante Cabezas, que saiu cara a cara com o goleiro Denis e chutou para fora.

“Sabemos que a nossa situação não é das melhores do grupo, mas não adianta nada ficar desesperado por causa disso. O São Paulo estará dentro de sua casa e, se não mantivermos a ordem dentro de campo, eles saberão aproveitar. Vamos jogar uma partida de Copa Libertadores e temos de desfrutar desta situação”, comentou o zagueiro e capitão Erazo.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X TRUJILLANOS

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 5 de abril de 2016, terça-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Ulises Mereles (Paraguai)
Assistentes: Milciades Saldivar e Dario Gaona

SÃO PAULO: Denis; Bruno, Rodrigo Caio (Lugano), Maicon e Mena; Hudson,João Schmidt, Michel Bastos, Paulo Henrique Ganso e Kelvin; Calleri
Técnico: Edgardo Bauza

TRUJILLANOS: Héctor Pérez; Granados, Luiryi Erazo, Cuevas e José Páez; Osorio, Maurice Cova, Ángel Nieves e Carlos Sosa; Rubén Rojas e James Cabezas
Técnico: Horacio Matuszyczk

 

Fonte: Gazeta Esportiva

2 comentários em “Tricolor testa boa sequência em decisão contra o Trujillanos

  1. Pra se confirmar a continuação da “boa sequência”, um zero a zero ou um a um é mais que suficiente: o time somaria mais um jogo sem perder e deixaria o Bauza muito contente com sua regularidade.
    Já nós, torcedores mal acostumados com campeonatos e títulos na Libertadores, vamos ter mais uma noite insone.
    Como ficou duro, torcer para o SPFC…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*