Tricolor sofre com formação reserva de adversários no Brasileiro

O São Paulo vem enfrentando dificuldades para sair de campo com a vitória quando enfrenta adversários com formações alternativas, abrindo mão dos principais titulares. No último sábado, no Beira-Rio, a equipe comandada por Cuca enfrentou o Internacional com oito reservas e, mesmo assim, não conseguiu se impor.

O Tricolor visitou o Colorado pela penúltima rodada do primeiro turno do Brasileirão sem Pato, Pablo, Hernanes, Antony e Daniel Alves, todos considerados titulares, além de também não poder contar com Toró, Igor Gomes e Walce. Ainda assim, a linha defensiva toda era titular e todos os volantes estavam à disposição.

Mas o desperdício de pontos importantes na briga pelo título não é novidade para o São Paulo neste primeiro turno do Brasileirão. Logo na terceira rodada, contra o Flamengo, o Tricolor também não conseguiu conquistar uma vitória, mesmo jogando no Morumbi. Na ocasião, Pato teve de deixar o gramado logo no início do jogo por conta de uma pancada de Thuler, viu seu time sair atrás e arrancar o empate no apagar das luzes.

Depois, na primeira rodada após a pausa para a Copa América, o São Paulo voltou a enfrentar um time com vários titulares ausentes, o Palmeiras. De olho nas quartas de final da Copa do Brasil, o Verdão apostou em uma formação alternativa e mesmo diante de um Tricolor com força máxima, conseguiu segurar o empate em 1 a 1 o Morumbi.

Já na rodada retrasada, o Grêmio foi mais um a entrar para o clube dos times que enfrentaram o São Paulo com muitos reservas e não foram derrotados. Novamente em casa, o Tricolor não saiu do empate sem gols com o time de Renato Gaúcho, que escalou apenas Everton Cebolinha para jogar ao lado de dez atletas acostumados a ficar como opções no banco.

Com a recente derrota para o Inter, o São Paulo somou apenas três dos 12 pontos possíveis contra essas equipes que o enfrentaram com times alternativos, uma marca bastante comprometedora para quem ainda sonha em brigar pelo título do Campeonato Brasileiro.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Tricolor sofre com formação reserva de adversários no Brasileiro

  1. O elenco é fraco, o time titular com todos jogando ate é forte se bem escalado logico, mas os reservas sao reservas mesmo parece so para compor o elenco, sao fraquissimos e para ajudar os reservas um pouco melhor só fazem cagadas, e para ajudar seu Cuca inves de fazer o simples pelo menos resolve inventar, treina a semana inteira o so sai merda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.