Timão descarta volta de Pato e aposta que Tricolor não vai comprar atacante

O Corinthians ainda espera negociar Alexandre Pato com o futebol do exterior nas próximas janelas. Em entrevista à rádio Bandeirantes, o presidente do clube, Roberto de Andrade, disse ser difícil pensar no retorno do atleta no início do ano que vem – o quando vence o empréstimo ao São Paulo vence em 31 de dezembro. Assim que o mercado de transferências abrir no meio do ano, o Timão espera achar alguém que pague  € 10 milhões (R$ 32,2 milhões). Caso  haja uma oferta desse valor, o São Paulo é obrigado a liberar o jogador imediatamente.

– Nossa vontade, e dele também, é tentar negociá-lo nas próximas janelas. Acho pouco provável que ele vista a camisa do Corinthians novamente. Se chegar alguma proposta, vamos tentar negociá-lo. E não acho que o São Paulo vai mostrar interesse em comprá-lo – afirmou o dirigente alvinegro.

O clube do Morumbi pode igualar a proposta para ficar com o jogador, mas isso é muito pouco provável. Por outro lado, Pato precisa concordar com a transferência. É nisso que os cartolas tricolores apostam: o atacante recusaria sair e o São Paulo ganharia tempo para negociar sua contratação apenas em janeiro de 2016, quando o valor da multa terá caído consideravelmente, já que ele estará no último ano de contrato com o Corinthians.

Alexandre Pato chegou ao Timão em janeiro de 2013 e custou € 15 milhões (R$ 48 milhões). Não rendeu o esperado e acabou envolvido numa troca com Jadson, que estava em baixa no São Paulo. Roberto de Andrade lamenta o fato de o atacante não ter dado certo no Alvinegro.

– Não estou arrependido e sim, decepcionado. Quando fizemos (o negócio), tínhamos certeza de que era excelente pela idade e pelo nível técnico dele. Mas o futebol é assim – ressaltou.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Timão descarta volta de Pato e aposta que Tricolor não vai comprar atacante

  1. Essa conversa e’ velha, ta provocando pra comprar.
    Vamos ver seu comportamento na Libertador que e’ o que interessa,
    e no brasileirinho, porque o paulistinha inexiste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*