Tigre oficializa denúncia na Conmebol contra o São Paulo

O Tigre apresentará nesta quinta-feira na Conmebol uma denúncia por supostas agressões físicas de agentes de seguranças brasileiros contra seus jogadores na final da Copa Sul-Americana contra o São Paulo.

A equipe argentina não quis voltar para o segundo tempo, quando perdia por 2 a 0, pelas supostas agressões ocorridas no vestiário, e o conjunto paulista foi declarado campeão do torneio, uma vez que o árbitro chileno Enrique Ossés suspendeu o encontro.

Fontes da Associação Argentina (AFA) indicaram que seu presidente, Julio Grondona, foi notificado nesta quarta-feira pelo presidente do Tigre, Rodrigo Molinos, sobre os termos da denúncia.

Miguel Silva, secretário geral da AFA, disse na semana passada que era necessário “separar o que é violência do que o que ocorreu no vestiário”.

“É uma constante a violência e as agressões que sofrem as equipes argentinas quando jogam em São Paulo. Sempre acontece a mesma coisa e não muda. Tem que ver qual é a documentação ou as provas que o Tigre apresentará, porque eles são os únicos que sabem a verdade, tudo que ocorreu nos vestiários”, disse.

Os incidentes da final da Copa Sul-Americana prejudicaram o futebol regional, afirmou em Assunção o porta-voz da Conmebol, Nestor Benitez. “A Confederação está investigando como deve este caso, que tanto dano causou ao futebol sul-americano, e deve ter prudência para reunir todos os elementos correspondentes a este grave acontecimento”.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*