Thiago Silva aproveita convivência com Lucas para indicá-lo ao PSG

Alvo do Manchester United no mercado de transferências, o meia são-paulino Lucas ganhou mais um clube interessado no seu futebol durante a disputa das Olimpíadas de Londres. Concentrado com a equipe nacional na Inglaterra, o jogador passou a conviver com o zagueiro Thiago Silva e ganhou o aval do defensor para reforçar o milionário Paris Saint-Germain na próxima temporada.

Impressionado com a qualidade técnica que o jogador demonstrou nos treinamentos comandados por Mano Menezes e nas vezes que entrou como opção no segundo tempo, Thiago Silva não se limitou a apenas elogiar o atleta publicamente, mas também aproveitou a oportunidade para indicar Lucas aos dirigentes do clube parisiense.

“Estamos conversando desde a semana passada porque eu vi que saiu alguma coisa na imprensa. Aí eu fui saber com o Lucas o que de fato estava acontecendo. Tudo está em aberto. Eles estão conversando ainda e não acertaram nada”, destacou o capitão da Seleção, em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira.

Fernando Dantas/Gazeta Press

O Paris Saint-Germain despontou como o mais novo interessado no futebol do meia são-paulino Lucas

A braçadeira que recebeu de Mano Menezes fez jus ao status que Thiago Silva conquistou  no Velho Continente. O jogador fez com que o PSG desembolsasse milhões de euros para ter o seu passe comprado do Milan e desembarcará na França como uma das principais contratações do futebol europeu. Além de exercer a liderança dentro do gramado, a expectativa é de que o zagueiro possa auxiliar a equipe fora das quatro linhas ao indicar novas promessas para a diretoria.

 

Com esta missão em mente, o defensor aproveitou o seu encontro com o diretor de futebol Leonardo e enumerou as qualidades que Lucas demonstrou neste período. “Eu sugeri para o Leo, porque ele perguntou para mim. Elogiei o Lucas não porque a gente joga junto, mas é um cara que tem muito a dar para a Seleção Brasileira. Ele é um jogador habilidoso, que decide no espaço curto e finaliza rápido.”

Caso os franceses se disponham a concorrer com o Manchester United para contar com o atleta, os cofres financiados pelos euros vindos de empresas petrolíferas do Oriente Médio não se restringirão a oferecer quantias controladas pelo futebol do meia. Recentemente, o São Paulo rejeitou uma oferta milionária dos Diabos Vermelhos por Lucas e bateu o martelo ao dizer que só negociará o passe de seu armador quando a equipe ampliar ainda mais a sua proposta.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*