Thiago Mendes sonha com Tricolor no G6 e quer “surpreender” o Santos

Pode parecer distante, mas o São Paulo segue acreditando na possibilidade de disputar a Copa Libertadores da América em 2017. O Tricolor ocupa atualmente a 13ª colocação noCampeonato Brasileiro com 36 pontos, nove atrás do Atlético-PR, que fecha o G6 do Brasileirão. Apesar da distância, o volante Thiago Mendes tem esperanças de classificação e, para isso, pensa em surpreender o Santos, próximo adversário, no Pacaembu.

“Todo mundo queria ser campeão e ninguém queria estar nesta de brigar para não cair. O G6 está aí, temos possibilidades e temos que pensar lá em cima. Temos méritos para alcançar uma Libertadores”, disse o meio-campista, antes de falar sobre o jogo contra o Santos.

 

“As diretorias resolveram que o jogo (contra o Santos) fosse no Pacaembu, mas o que interessa é ganhar. Temos convicção de que podemos vencer. Jogamos bem contra o Flamengo (empate sem gols no Morumbi) e isso mostra que podemos ganhar do Santos também”, completou.

São Paulo e Santos se enfrentam na próxima quinta-feira (13), às 21 (de Brasília), no Pacaembu. Ao contrário do Tricolor, o Peixe faz ótima campanha no Brasileiro e ocupa a 4ª posição na tabela com 51 pontos ganhos. Apesar de mostrar esperança, Thiago Mendes fez questão de manter os pés no chão quanto a classificação para a Libertadores.

“É um passo de cada vez. Tem de pensar no jogo com o Santos. No decorrer do campeonato, pode acontecer a Libertadores. O momento não é bom para o São Paulo e precisamos somar para tirar o time dessa situação”, finalizou.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Thiago Mendes sonha com Tricolor no G6 e quer “surpreender” o Santos

  1. É isso que me mata: essa conversa otimista e irreal que esses jogadores tentam passar para os torcedores. A quem ele acha que está enganando? Melhor seria eles assumirem as dificuldades da equipe, que não consegue sequer ganhar de um time da terceira divisão, e, assim, tentarem sair da vergonhosa situação de candidatos à segundona 2017. Menos, Tiago; menos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*