Thiago Mendes não foi vendido para o Lille; Luiz Araújo está negociado

Ao contrário do que o GloboEsporte.com informou às 9h27 desta sexta-feira, o volante Thiago Mendes, do São Paulo, não foi vendido para o Lille, da França.

Do lado do atleta, pessoas envolvidas na negociação ainda acreditam no êxito do acordo, mas o Tricolor não tem a mesma posição, já que o valor oferecido pelo clube francês não atingiu um patamar aceito pelos dirigentes do Morumbi. Se houver uma nova proposta, com números maiores, as conversas podem ser retomadas.

Thiago Mendes faria parte de um pacote no qual está incluído o atacante Luiz Araújo, este sim negociado nesta sexta-feira, também com o Lille (veja mais abaixo).

Pelo volante, os franceses estariam dispostos a pagar o valor de € 7,5 milhões (R$ 27,3 milhões), dos quais R$ 21,8 milhões ficariam para o São Paulo, que detém 80% dos direitos do atleta – os outros 20% pertencem a um grupo de empresários. O São Paulo considerou baixos esses valores.

São Paulo não aceitou os valores oferecidos pelo Lille por Thiago Mendes (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)São Paulo não aceitou os valores oferecidos pelo Lille por Thiago Mendes (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

São Paulo não aceitou os valores oferecidos pelo Lille por Thiago Mendes (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

O que também teve peso na situação atual é a opinião do técnico Rogério Ceni, que considera Thiago Mendes uma peça indispensável no seu esquema tático.

Em entrevista coletiva também nesta sexta, no CT da Barra Funda, Ceni admitia perder um jogador do seu elenco, mas não três, como estava sendo especulado, já que além do interesse do Lille por Thiago Mendes, o Ajax ficou de apresentar proposta pelo lateral-esquerdo Junior Tavares.

Thiago Mendes recentemente renovou o seu contrato com o São Paulo até 2021 e ganhou aumento salarial. Os números mostram a importância dele para a equipe. Das 29 partidas que o Tricolor fez na temporada, ele esteve presente em 25 delas. Só não está jogando atualmente porque sofreu uma lesão no joelho na partida contra o Avaí, no dia 22 de maio.

Ele tem chance de retornar na próxima semana, contra o Vitória (quinta-feira, no Morumbi) ou contra o Corinthians (dia 11 de junho, em Itaquera).

Luiz Araújo

Em relação a Luiz Araújo, está tudo certo. O que impede o São Paulo de anunciar a venda é que o jogador ainda não realizou exames médicos. A tendência é que o atleta faça sua despedida da equipe do Morumbi na partida de domingo, contra a Ponte Preta. Mas sua presença em campo só será definida neste sábado, quando Rogério Ceni vai fechar a lista de relacionados para o confronto que será disputado no estádio Moisés Lucarelli.

O valor total da negociação pelo camisa 31 é de € 10,5 milhões (R$ 38,3 milhões). Originalmente, o São Paulo teria direito a ficar com 70% deste valor, o que corresponde a R$ 26,8 milhões, enquanto o Mirassol, clube que revelou o atleta, receberia os R$ 11,4 milhões restantes. Só que o Tricolor bateu o pé na hora de fechar o negócio e acabou ficando com mais 10% da parte que seria do clube do interior. Com isso, receberá no total R$ 30,6 milhões.

Fonte: Globo Esporte

6 comentários em “Thiago Mendes não foi vendido para o Lille; Luiz Araújo está negociado

  1. O Tiago vale muito mais, se comparado, por exemplo, ao que o próprio S.Paulo pagou pelo Maicon. Compare um jogador com o outro; vejam o que cada um produz e faz pelo time. Daí dá pra ver que o S.Paulo precisa pedir muito mais que o oferecido pelo jogador. Aliás, ele deve valer mais que o próprio Araujo, por quem o Lile topou pagar 10,5 milhões de euros. O Tiago tem que valer, pelo menos, 15 milhões de euros…

  2. Acho que a quantia pelo Thiago Mendes é razoável e, talvez, devesse ser vendido mesmo.

    Mas dizer que ele é fraco? Fala sério. Fora da posição, como armador, até concordo. Mas como volante é acima da média, marca e corre muito o jogo todo. A verdade é que ele é muito melhor que a maioria dos volantes que passaram ultimamente pelo Tricolor. Ainda bem que o Rogério enxerga isso.

  3. Clube lixo, vive de enrolar os otár…, quer dizer, torcedores. O Meleco prometeu não vender mais ninguém em janeiro. Agora inicia um desmanche pior que o do Aidar. E tem quem apóie esse molenga conformado. Muito ruim essa diretoria incompetente em buscar novas receitas, que fechou um patrocínio master humilhante, vende o rabo para pagar as contad e aniquilou o ano do time antes de o 1o semestre acabar. O time que já não era essas coisas vai ficar pior. Planejamento zero. A mensagem é clara: esqueçam os títulos. Olha, vamos ser rebaixados com estádio vazio. Ninguém vai ver nosso fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*