Cuca fala em brincadeira, mas deixa suspeita de espionagem no ar

Na noite de quarta-feira, após o confronto com o Internacional, Cuca mostrou desconfiança com a possibilidade de ter sido espionado pelo São Paulo antes do último clássico. Após o treino desta sexta, o palmeirense falou que tudo não passa de uma brincadeira com Rogério Ceni, mas deixou a suspeita no ar.

Nos treinos que antecederam o clássico, sem a presença da imprensa, Cuca preparou uma formação com três zagueiros, recuando o volante Felipe Melo entre Yerry Mina e Juninho. Ceni também armou uma linha de três defensores, com Lucão, Maicon e Rodrigo Caio, o que deixou o palmeirense desconfiado.

“Faz parte do jogo. Se botou (espião) ou não, faz parte do jogo. Ele (Ceni) disse que teve uma intuição. Mas que intuição forte! Parabéns, mereceram, ganharam. Não tem problema. Agora, vou colocar umas árvores lá”, disse Cuca ao Sportv após o jogo contra o Internacional.

Os centros de treinamento de Palmeiras e São Paulo são vizinhos na Zona Oeste da capital paulista. Nesta sexta-feira, ainda antes da conclusão de uma pergunta sobre a suposta espionagem de Ceni, Cuca já começou a sorrir. Em seguida, contou que estava brincando.

“Falaram de espelho, de espelhar time… Aí, eu falei espionou aqui, espionou lá… É brincadeira. Ainda bem que o pessoal lá levou na brincadeira. A gente tem que ter um pouco de esportividade dentro da nossa profissão. Estou brincando com o Rogério, com os caras”, disse Cuca.

Assim que concluiu o raciocínio, o treinador palmeirense inclinou o rosto, fez uma careta e, balançando a mão direita, deu a entender que a resposta anterior era “mais ou menos” verdadeira, deixando a suspeita no ar. Durante sua entrevista coletiva de sexta-feira, Ceni não falou sobre o assunto.

Classificado às quartas de final da Copa do Brasil, o Palmeiras volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Às 16 horas (de Brasília) deste domingo, pela quarta rodada do torneio por pontos corridos, o time alviverde enfrenta o Atlético-MG, no Palestra Itália.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*