Temeroso por lugar no G-4, Ceni espera retomar confiança na quarta

Mais do que derrubar a invencibilidade do São Paulo depois de sete jogos, o revés para o Flamengo abriu a possibilidade de o Vasco voltar a ficar apenas dois pontos atrás. Avantagem que parecia tranquila pode, portanto, ser motivo de preocupação novamente, como alerta o capitão Rogério Ceni.

“Já estava em aberto antes do jogo. É que quando ganha você costuma visualizar só para cima, mas o Vasco está aí, e nós temos jogo duro contra o Sport, fora de casa”, disse o goleiro, que não era vazado havia quatro rodadas no Campeonato Brasileiro.

O Vasco encerra a rodada em jogo adiado para esta quarta-feira, contra o Internacional, em São Januário. No mesmo dia, o São Paulo, que no momento tem uma partida a mais do que o time carioca na competição nacional, decide classificação para as quartas de final da Copa Sul-americana, diante da LDU de Loja, no Morumbi.

A partida contra a equipe equatoriana, mesmo válida por outro torneio, pode servir para reanimar o São Paulo nas duas frentes.

“Infelizmente essa é a realidade. Vamos brigar nessa situação até o fim do CampeonatoBrasileiro, não há nada que mostre o contrário. Perdemos um pouquinho a confiança (com a derrota para o Flamengo), espero que a gente a recupere já na quarta-feira”, comentou Ceni.

Pelo resultado de 1 a 1 no jogo de ida, em Loja, o time brasileiro pode avançar de fase com empate sem gols ou qualquer vitória. A única dúvida para a partida é Luis Fabiano. O atacante foi substituído no intervalo do jogo de domingo ao acusar incômodo muscular na coxa esquerda.

Passado o compromisso pela Sul-americana, o São Paulo voltará a atuar pelo Brasileiro no sábado, contra o Sport, no Recife. Nesta ocasião, sim, o técnico Ney Franco tem um desfalque certo: o meia Jadson recebeu o terceiro cartão amarelo e será baixa pela primeira vez.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*