SP depende de L. Fabiano e Pato, que só iniciaram juntos um jogo

O atacante Alan Kardec está suspenso no Brasileiro e não poderá jogar o clássico contra o Santos no domingo. Assim, os melhores atacantes à disposição do técnico Muricy Ramalho serão Luis Fabiano e Alexandre Pato.

O problema é que os dois não estão acostumados a serem titulares juntos. A última vez que isso aconteceu foi há mais de um mês, na vitória sobre o Huachipato, pela Copa Sul-Americana.

Antes disso, Pato e Fabiano começaram como titulares apenas em maio, antes da lesão que deixou o camisa 9 por três meses no estaleiro. Desde então, Alan Kardec chegou, se consolidou como titular e fez os colegas brigarem entre si pela segunda posição no ataque tricolor.

Agora, Kardec virou dúvida para a reta final da temporada. Na derrota para o Atlético Nacional, na Colômbia, ele torceu o tornozelo, precisou ser substituído e apareceu em público de muletas. O jogador será submetido nesta sexta-feira a exames para que se detecte a gravidade da lesão e o tempo de recuperação.

Em entrevista coletiva depois do jogo, Muricy se mostrou preocupado com a situação de seu atacante preferido.

Caso a lesão tire Kardec dos próximos jogos, caberá à dupla Luis Fabiano-Pato a responsabilidade de carregar o ataque do time na reta decisiva do ano. Juntos, eles fizeram 31 gols em 2014, o equivalente a 28% de todos os tentos marcados pelo time.

Na análise das escalações do São Paulo na temporada, as duplas Luis Fabiano-Pato e Pato-Alan Kardec têm desempenhos semelhantes, sempre um pouco acima dos 70% dos pontos conquistados. Já Luis Fabiano-Alan Kardec, que foi titular em seis jogos, conseguiu apenas 55% de rendimento.

Luis Fabiano e Pato iniciaram 11 jogos no ano como titulares (apenas um no segundo semestre) e, nessas ocasiões, o São Paulo conseguiu 72% dos pontos disputados. Mas é a dupla Alan Kardec-Pato que tem sido a preferida de Muricy – os dois começaram como titulares em 15 jogos – e, com eles em campo, o time conseguiu aproveitamento de 71% dos pontos.

O clássico de domingo pode ser uma boa oportunidade para Muricy dar ritmo de jogo a Pato, que acaba de se recuperar de uma lesão que o deixou fora de combate por um mês. Uma boa atuação daria segurança a Muricy de que ele pode substituir bem Kardec, caso sua torção no tornozelo seja mesmo grave.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*