Sob olhares de Ganso, São Paulo enfrenta Cruzeiro para encostar no G4

O São Paulo recebe o Cruzeiro, neste domingo, às 16h, no Morumbi, em jogo válido pela 26ª rodada com uma presença ilustre na arquibancada. O recém-contratado Ganso fará a sua apresentação momentos antes de a bola rolar. Para estimular o primeiro contato, a comissão técnica do São Paulo convocou a torcida para que prestigie o novo maestro, além de empurrar o time, que busca o G4. Já o Cruzeiro está repleto de desfalques, mas pretende acabar com um tabu de 16 partidas sem vitórias em campeonatos nacionais contra o clube do Morumbi e colocar água no chopp tricolor.

Com 39 pontos, o Tricolor está a quatro pontos do Vasco. Por isso, a vitória pode deixar o clube do Morumbi mais próximo da zona de classificação à Libertadores. Na oitava posição, o clube celeste pode resgatar o futebol eficiente e ficar a um ponto do próprio São Paulo, além de acabar com um jejum de vitórias no Morumbi em campeonatos nacionais. Há 16 jogos que o time mineiro não conquista uma vitória fora de casa contra o Tricolor.

MOTIVAÇÃO NÃO VAI FALTAR

Animados com a contratação de Ganso, o elenco quer transmitir toda a empolgação para dentro de campo. Com isso, o técnico Ney Franco manteve o esquema com três atacantes, já utilizado na vitória diante da Portuguesa, na última rodada. Contudo, o comando de ataque pode ficar sem o principal artilheiro. Luis Fabiano sentiu incômodos na coxa direita e deixou o treino desta sexta-feira mais cedo. Caso não conte com Fabuloso, o treinador escalará Willian José.

– Para o jogo contra o Cruzeiro, existe uma indefinição em relação ao Luis Fabiano, mas não é nenhuma lesão grave. O jogador pediu para sair, sentiu um desconforto e vai fazer um teste mas, pela conversa com o atleta e com o Departamento Médico, não é nada grave. Se o Luis ganhar condição de jogo, vai ser a equipe com: Rogério Ceni; Douglas, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Maicon e Jadson; Lucas, Luis Fabiano ou Willian (José) e Osvaldo – declaro o técnico, em entrevista coletiva.

Já esboçando a equipe, Ney não poderá contar com Rafael Toloi, que, por causa de suspensão, está fora da partida. Para o lugar, Paulo Miranda foi o escolhido. Douglas, que esteve suspenso na última rodada, retorna à sua posição de origem. Wellington, que atuou nas últimas duas como tiular, uma de volante e a outra de lateral-direito, retornou ao banco.

A maior preocupação é com o número de jogadores pendurados, pois oito atletas estão com dois amarelos: Douglas, João Filipe, Wellington, Denilson, Rodrigo Caio, Paulo Assunção, Jadson e Osvaldo. Com relação aos machucados, Fabrício e Ganso integram o departamento médicos.

RAPOSA BUSCA SUPERAR DESFALQUES PARA QUEBRAR TABU

Tarefa difícil terá o Cruzeiro para vencer o São Paulo, neste domingo, e voltar ao caminho do G-4 do Brasileirão. A Raposa já tem cinco desfalques certos para o jogo e pode ter outros dois, essenciais para o time: Montillo e Ceará.

Sandro Silva, Willian Magrão e Mateus estão lesionados e, portanto, vetados para a partida. Leandro Guerreiro e Everton receberam o terceiro cartão amarelo contra o Vasco da Gama. Montillo voltou da seleção argentina reclamando de dores na coxa esquerda e será reavaliado, enquanto Ceará sofre das mesmas dores no tornozelo direito, que o tiraram de seis partidas seguidas da equipe.

Mas, pelo menos um alento o técnico Celso Roth pode comemorar. Para o jogo contra o Tricolor, Borges, um dos artilheiros do time no Brasileirão, estará de volta para ajudar o clube estrelado a vencer o São Paulo no Morumbi pela primeira vez desde 2003.

– Foi meu primeiro trabalho com o grupo (na quinta-feira). O Celso me perguntou muito como eu estava me sentindo. Estou me sentindo bem. Acho que o mais importante é voltar a treinar. Espero estar em campo, mas depende do homem. Sinto-me melhor, mas vamos esperar amanhã (sexta) para ver se está tudo certo. Tabu existe para ser quebrado. É um momento em que precisamos voltar a vencer. É uma grande equipe, precisamos da vitória – disse.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO X CRUZEIRO

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 23/09/2012 – 16h
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Rodrigo F. Henrique Correia (RJ) e Fabiano da Silva Ramires (ES)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Maicon e Jadson; Osvaldo, Lucas e Luis Fabiano (Willian José). Técnico: Ney Franco.

CRUZEIRO: Fábio; Léo, Thiago Carvalho, Victorino e Diego Renan (Marcelo Oliveira); Lucas Silva, Charles, Tinga e Souza (Montillo); Wellington Paulista (Borges) e Wallyson. Técnico: Celso Roth
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*