Shaylon faz golaço no fim e mantém São Paulo único invicto no Brasileiro

O São Paulo manteve sua invencibilidade de mais de um mês. Perdendo o jogo contra o Bahia, na Fonte Nova, até os 49 minutos do segundo tempo, o garoto Shaylon, de apenas 21 anos, acertou um chute no ângulo e assegurou o empate, em 2 a 2, para o Tricolor do Morumbi. É a oitava partida seguida da equipe comandada pelo técnico Diego Aguirre sem saber o que é derrota.

O resultado deixa o São Paulo com setes pontos ganhos na competição nacional. Ao todo, o Tricolor paulista tem uma vitória (Paraná) e quatro empates (Ceará, Fluminense, Atlético-MG e Bahia). Já a equipe de Salvador segue flertando com a zona do rebaixamento. Com o empate, o time nordestino fica com apenas 5 pontos ganhos em 15 disputados.

O lance do jogo

Embora jogasse melhor no segundo tempo, o São Paulo pouco oferecia perigo ao gol defendido por Douglas. O técnico Diego Aguirre mandou Valdívia, Régis e Shaylon no segundo tempo e, justamente dos pés do meia revelado em Cotia, saiu o gol salvador. Restando menos de um minuto para o fim da partida na Fonte Nova, o garoto chutou forte de fora da área e acertou o ângulo.  Sem chance alguma de defesa.

É penalti!

Melhor na partida, o Bahia se aproveitava do espaço deixado por Éder Militão pelo lado direito da defesa do São Paulo para atacar a equipe paulista. Justamente por lá, Zé Rafael entrou na área com a bola dominada e foi derrubado por Hudson. Pênalti para o Bahia. Na cobrança, Edigar Junio bateu no canto direito de Sidão e abriu o placar na Fonte Nova.

O empate do São Paulo 

Em desvantagem no marcador, o Tricolor do Morumbi se lançou ao ataque e não demorou muito para empatar o jogo na Fonte Nova. Livre de marcação no meio de campo, Nenê achou Tréllez na área e tocou na medida para o centroavante colombiano acertar uma bela finalização. Sem chances para o goleiro Douglas: 1 a 1.

O segundo de Edigar Junio 

Ainda no primeiro tempo, o artilheiro do Bahia teve a oportunidade de fazer mais um gol na partida. O atacante Élber foi lançado na entrada da área e desviou a bola para Edigar Junio. Atento na jogada, o jogador do Tricolor de Aço se adiantou a Bruno Alves e mandou uma bomba no gol de Sidão. A bola desviou do zagueiro são-paulino e enganou o arqueiro do Tricolor paulista.

Clássico pela frente

No próximo domingo (20), o São Paulo fará seu primeiro clássico neste Brasileirão. No Morumbi, o Tricolor recebe o Santos pela 6ª rodada do Brasileirão. Pelo Paulistão, as equipes se enfrentaram e o Peixe levou a melhor, tendo vencido, por 1 a 0, na casa do Tricolor. Já o Bahia viaja para a capital paulista enfrentar o Palmeiras, no Allianz Parque.

FICHA TÉCNICA 
BAHIA 2×2 SÃO PAULO
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data-Hora: 13/5/2018 – 16h
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Auxiliares: Helcio Araujo Neves e Heronildo Freitas da Silva (ambos do PA)
Público/renda: 
Cartões amarelos: Élber, Everson, Lucas Fonseca, Gregore e Elton (BAH); Arboleda, Everton e Régis (SPO)
Cartões vermelhos: não houve
Gols: Edigar Junio (11’/1ºT) (1-0), Tréllez (30’/1°T) (1-1), Edigar Junio (38’/1°T) (2-1) e Shaylon (49′-2°T) (2-2)

BAHIA: Douglas; João Pedro, Lucas Fonseca, Everson, Léo, Gregore, Elton, Vinicius (Régis aos 24’/2ºT), Zé Rafael, Élber (Mena, aos 30’/2°T) e Edigar Junio (Kaike aos 38’/2°T) Técnico: Guto Ferreira.

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão (Régis aos 14’/2°T), Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Hudson, Lucas Fernandes (Valdívia aos 18’/2°T) e Nenê (Shaylon aos 34’/2°T); Everton e Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre

2 comentários em “Shaylon faz golaço no fim e mantém São Paulo único invicto no Brasileiro

  1. É muito difícil jogar lá.
    O gramado é ruim. E o Bahia bate o jogo todo…

    Pelo erro ridículo do Husdson ao fazer o pênalti, no final foi um bom resultado. E seguimos invictos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*