Sem propostas, São Paulo pode ter prejuízo milionário com Lúcio

De principal reforço do ano, Lúcio se transformou em um grande problema para a diretoria do São Paulo resolver. Fora dos planos depois de entrar em atrito com o técnico Paulo Autuori, o jogador é dono de um dos salários mais altos do elenco e pode abrir um rombo de quase R$ 6 milhões nos cofres do Tricolor até o fim do contrato.

Reintegrá-lo está fora de cogitação. Lúcio já havia entrado na mira da direção por não ser o agregador de grupo que o presidente Juvenal Juvêncio sonhou e por causa das más atuações. A discussão com o treinador após uma reunião com os jogadores era o motivo que faltava para tirá-lo de cena.

Mas sobrou a conta para alguém pagar. O zagueiro chegou ao Tricolor com status de pentacampeão e possível líder ao lado de Rogério Ceni. Por isso, Juvenal aceitou pagar cerca de R$ 300 mil mensais – um patrocinador coloca mais R$ 200 mil para completar o montante. Agora, a fatura chegou.

Lúcio não abre mão do contrato que assinou até o fim de 2014, sobretudo por não ter convites de outras equipes. São nada menos que R$ 5,7 milhões por esse período só da parte são-paulina. O montante poderia ser utilizado para o clube buscar reforços e ainda lutar contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

O prejuízo seria tão grande que a diretoria do São Paulo cogita até romper o vínculo unilateralmente, ou seja, sem a aprovação do jogador. Caso isso aconteça, o clube teria de desembolsar cerca de R$ 2,8 milhões, valor referente à metade do contrato, para se livrar do defensor de 35 anos.

– Não contamos como ele para o elenco. Ainda não há uma definição. Temos algumas possibilidades – afirmou o gerente de futebol Gustavo Vieira de Oliveira.

Perto da aposentadoria, Lúcio pretende continuar no futebol brasileiro, mas esbarra nos altos salários. Depois de 12 anos atuando na Alemanha e na Itália, ele não quer jogar em centros menores no exterior. O São Paulo esperava ser procurado por equipes da Turquia e do Oriente Médio assim que ele foi afastado, mas isso não aconteceu.

A ira com Lúcio é tanta que ninguém no clube cogita reintegrá-lo, nem mesmo com a falta de zagueiros. Autuori tem neste momento apenas Rafael Toloi e o garoto Lucas Silva à disposição – o volante Rodrigo Caio atuou improvisado na posição no fim de semana. Paulo Miranda e Edson Silva estão machucados, enquanto Rhodolfo foi emprestado para o Grêmio. Para suprir a carência, a diretoria negocia com Roger Carvalho, ex-Bologna, da Itália, e Antônio Carlos, atualmente na reserva do Botafogo.

 

Fonte: Globo Esporte

4 comentários em “Sem propostas, São Paulo pode ter prejuízo milionário com Lúcio

  1. meu avô dizia: quem é burro, peça a Deus que o mate e o Diabo que o carregue. quem mandou contratar – a peso de ouro – um cara em fim de carreira e rico? um cara desses precisa de mais alguma coisa para se dar bem na vida ? – de nada. só de um burro chamado Juvenal Juvêncio.

  2. Complementando,

    Nos bons tempos do SPFC ,

    seus dirigentes costumavam dizer,

    que para se contratar um jogador,

    seja qual fosse, tipo um lucio, ou karamelo,

    eles estudavam o seu perfil,

    sua vida anterior.

    Agora, e o contrario, contratam sem saber porque.

    Deveriam mesmo, agora saber os antecedentes criminais

    dos dirigentes.

    ?????? Ne, senhores conselheiros ????????????

    Deve ser mesmo, tudo uma panela so.

  3. O mesmo aconteceu com o pipokkka.

    Foi ainda pior, sabiam que o atleta estava com problemas

    fisicos, diga-se cronicos, pois nao consegue dar um pique,

    que estora, e trouxeram o kara, e sao refens do mesmo rumo

    a segundona. So nao ve quem nao quer, o que esse rapaz

    produz dentro de campo, e coisa de iniciante inexperiente,

    se coloca mau, muitas vezes fica parado em impedimentos

    provocando abortos de seguidas situacoes de gols, nao briga

    pela bola, nao faz absolutamente nada para justificar seus

    alto salario, nem a condicao de titular. E UM MICO.

    LUCIO MICO DOIS.

    DIRETORIA MICO TRES.

  4. O fiasco com Lucio é a grande prova de que Juvenal Juvêncio é que deveria ter sido afastado junto com o zagueiro.Será que não foram buscar informações sobre Lùcio,seu temperamento,sua forma técnica e física?Foram lá e simplesmente fecharam com ele?Agora o São Paulo é que paga o pato.Deveriam tirar do bolso do Juvenal esta multa rescisória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.