Seis peças, cinco vagas: um gringo vai sobrar em todos os jogos do São Paulo

A situação ainda vai demorar a acontecer, mas vai chegar o momento em que o técnico do São Paulo, Edgardo Bauza, terá de barrar um estrangeiro nos jogos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. Com as contratações de Buffarini e Chavez, a equipe passou a ter seis gringos no seu elenco e, pelo regulamento da CBF, somente cinco podem ser relacionados para as partidas.

Quem leva vantagem nessa disputa? Quem vai sobrar? Bauza costuma dizer que sempre os melhores serão utilizados. Cada um tem sua característica na disputa por um lugar na equipe. Abaixo, o GloboEsporte.com lista os prós e os contras de cada jogador.

Centurión

Centurión São Paulo (Foto: Igor Amorim/saopaulofc.net)Centurión disputou 32 das 46 partidas da equipe no ano, mas não agrada o torcedor (Foto: Igor Amorim/saopaulofc.net)

Vive uma situação diferente no São Paulo. É um dos que mais jogou na temporada (participou de 32 jogos dos 46 da equipe), mas não conta com a simpatia do torcedor. Nas redes sociais, ele é sempre um dos mais criticados. Só que é um dos atletas de confiança do técnico Edgardo Bauza, que chegou até a escalá-lo fora de posição, como centroavante.

Buffarini

Buffarini, lateral-direito do San Lorenzo  (Foto: Diego Guichard)Lateral depende de aval da Fifa para ser anunciado como reforço do São Paulo para 2016 (Foto: Diego Guichard)

Recém-contratado por US$ 2 milhões (R$ 6,7 milhões), chega para brigar diretamente com Bruno pela vaga de titular na lateral-direita. Para aumentar suas chances de ser utilizado, ainda tem a polivalência como principal característica. Pode jogar no meio-campo e também aberto pelo lado direito.

Cueva

Cueva Treino São Paulo (Foto: Ana Luiza Rosa/saopaulofc.net )Cueva tem se destacado no São Paulo jogando no lugar de Paulo Henrique Ganso (Foto: Ana Luiza Rosa/saopaulofc.net )

O meia peruano, que custou R$ 8,8 milhões, tem presença garantida na equipe titular, já que tem ocupado a vaga deixada por Paulo Henrique Ganso, negociado com o Sevilla, da Espanha. A cada jogo que passa, mostra estar mais à vontade com a camisa tricolor. No clássico contra o Corinthians, foi um dos destaques, marcando o gol da equipe no empate por 1 a 1.

Diego Lugano

Cueva Lugano São Paulo (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)Lugano formará dupla de zaga com Maicon nas próximas partidas do São Paulo (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)

Com a ida de Rodrigo Caio para a seleção olímpica, é outro que terá presença quase cativa na equipe, já que formará a dupla de zaga com Maicon. Eventualmente, pode ser poupado por desgaste físico pela comissão técnica, o que resolveria o problema de Bauza na hora de relacionar os estrangeiros. Com a volta de Rodrigo, porém, o uruguaio deverá voltar ao banco. Por outro lado, há chances de o titular deixar a Olimpíada direto para a Europa. Aí, Lugano viraria titular.

Mena

Mena São Paulo (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)Mena é um dos titulares do esquema tático do técnico Edgardo Bauza (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Como Cueva, é figurinha carimbada na equipe de Edgardo Bauza, já que é titular indiscutível da lateral-esquerda. Certamente é um dos que será relacionados para todas as partidas.

Chávez

Andrés Chavez Boca Juniors (Foto: Juan Mabtomata/AFP)Andrés Chavez foi contratado por empréstimo de um ano pelo São Paulo (Foto: Juan Mabtomata/AFP)

Contratado no fechamento da janela de transferências, momentos antes de Buffarini, o atacante chega para ser alternativa a Calleri, que deixou a equipe após a semifinal da Taça Libertadores da América. E como a equipe conta com poucas alternativas de ataque, deve ser presença constante pelo menos no banco de reservas.

 

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “Seis peças, cinco vagas: um gringo vai sobrar em todos os jogos do São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.