São Paulo volta a vencer e se classifica com 100% na Copinha

Estava fácil para o São Paulo. Com a goleada de 5 a 1 do Guaicurus-MS sobre o União Rondonópolis-MT no final da tarde desta quinta-feira, a equipe tricolor poderia até perder do São Carlos-SP por uma diferença de quatro gols que mesmo assim garantiria vaga nas eliminatórias da Copa São Paulo de Juniores. Mas os comandados de Sergio Baresi não se acomodaram e venceram o time do interior paulista por 2 a 0, terminando assim a fase de grupos com 100% de aproveitamento e 12 gols em três jogos.

A quantidade de gols na primeira fase poderia ter sido ainda maior se o São Paulo, que entrou em campo com o título de ‘melhor ataque’ da competição, tivesse mantido o poderio ofensivo das duas primeiras partidas – 5 a 0 no União-MT e 5 a 2 no Guaicurus-MS. Nesta quinta-feira, porém, a falta de pontaria e as boas defesas do goleiro adversário fizeram com que o time tricolor deixasse o campo com ‘apenas’ dois gols marcados.

O resultado levou o São Paulo aos nove pontos e eliminou o São Carlos-SP, que terminou a primeira fase na terceira posição do grupo M, com três pontos. Guaicurus-MS e União Rondonópolis-MT terminaram com os mesmos três pontos, na segunda e quarta colocações, respectivamente.

O primeiro gol demorou, mas saiu. Totalmente superior ao São Carlos no primeiro tempo, o São Paulo precisou de 44 minutos para enfim abrir o placar. Antes disso, meias e atacantes cansaram de finalizar em direção ao gol do goleiro Jean, que aos poucos foi se transformando no melhor homem em campo da etapa inicial.

Na primeira que ele deixou passar, a bola foi na trave, mas minutos depois o São Paulo finalmente pôde comemorar. Como os jogadores do meio para frente não estava conseguindo balançar as redes, coube a um zagueiro fazê-lo. Após cobrança de escanteio, a defesa do São Carlos falhou e a bola sobrou para Diego, que soltou o pé de direta para estufar as redes.

“Criamos bastante oportunidades, e com 1 a 0 vamos tentar voltar no mesmo ritmo no segundo tempo”, disse Diego na saída para o intervalo. A ofensividade do time tricolor, porém, não foi a mesma na segunda etapa. O São Paulo não entrou em campo com a mesma intensidade, mas mesmo assim conseguiu mais um gol, com Lucas Evangelista desviando de cabeça após cruzamento da direita, aos 26min.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*