São Paulo volta a jogar mal e fica no zero com o lanterna Avaí

O São Paulo não foi páreo para o lanterna do Campeonato Brasileiro. Em uma nova atuação fraca, o Tricolor mostrou pouca inspiração e não passou de um empate por 0 a 0 com o Avaí, na noite deste sábado, na Ressacada, em duelo válido pela oitava rodada do torneio nacional.

O resultado é ruim para ambas as equipes. O time de Cuca, que aumentou o seu jejum para quatro jogos sem vencer no Brasileiro, dorme no sétimo lugar, com 13 pontos ganhos, seis a menos que o líder Palmeiras, que tem um jogo a menos. Já o Avaí, com míseros quatro pontos, ocupa a 20ª e última colocação na tabela.

Pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, a última antes da pausa para a Copa América, São Paulo e Avaí voltam a campo na próxima quinta-feira, às 20 horas (de Brasília). Enquanto o Tricolor visita o Atlético-MG na Arena Independência, o Leão encara o Palmeiras no Allianz Parque.

O Jogo – O primeiro tempo foi de futebol pobre e duro de assistir. Para furar a retranca rival, o São Paulo apostou na troca constante de posição entre os jogadores de frente, mas a medida se mostrou ineficiente, e o time não conseguiu criar chances de gol.

Nas poucas vezes que chegou com algum perigo foi através da bola parada. Aos 11 minutos, Reinaldo cobrou escanteio, e Pato testou para fora. Aos 40, Vitor Bueno bateu tiro de canto pela esquerda, mas Hudson não alcançou na segunda trave.

Para piorar, Everton sentiu a coxa direita e deu lugar a Marquinhos Calazans. O Avaí, por sua vez, levou certo perigo em alguns contra-ataques. Em um deles, Getúlio invadiu a área, mas tentou cortar Hudson e chutou em cima do volante, desperdiçando boa chance.

O segundo tempo começou na mesma toada: o São Paulo com problemas na criação, e o Avaí apostando no erro do rival. Para aumentar o poder ofensivo de seu time, Geninho colocou o meia Luan Pereira no lugar do zagueiro Ricardo. Cuca respondeu promovendo a entrada de Igor Gomes na vaga do apagado Vitor Bueno.

Aos 12, Pato voltou a subir livre na área após cobrança de escanteio, mas novamente errou o cabeceio e mandou pela linha de fundo. Dez minutos depois, Reinaldo voltou a levantar bola na área do Avaí e viu Bruno Alves testar para boa defesa de Vladimir.

Em sua última cartada, Cuca apostou em Everton Felipe e sacou Toró. A alteração, contudo, não alterou o panorama da partida. Reinaldo até fez Vladimir trabalhar em chute cruzado, mas o São Paulo, sem inspiração ofensiva, não conseguiu furar a defesa catarinense

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 0 X 0 SÃO PAULO

Local: Estádio da Ressacada, Florianópolis (SC)
Data: Sábado, dia 8 de junho de 2019
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Jean Marcio dos Santos (RN)
VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)
Cartão Amarelo: Ricardo, Betão, Brenner, Luan Pereira e Igor Fernandes (Avaí); Toró e Tchê Tchê (São Paulo)
Cartão Vermelho:
Gol: –

AVAÍ: Vladimir; Lourenço, Betão, Kunde e Igor Fernandes; Pedro Castro, Ricardo (Luan Pereira) e João Paulo; Getúlio, Caio Paulista (Brizuela) e Brenner (Daniel Amorim)
Técnico: Geninho

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Hudson, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê e Vitor Bueno (Igor Gomes); Toró (Everton Felipe), Alexandre Pato e Everton (Marquinhos Calazans)
Técnico: Cuca

3 comentários em “São Paulo volta a jogar mal e fica no zero com o lanterna Avaí

  1. Todo time campeão fala sobre o bom ambiente no vestiário… qual o ambiente hoje no SP?
    Com esse ambiente qual a chance do SP melhorar e ganhar um título?

    Essa tal lista de dispensa, onde toda a culpa dos resultados negativos é atribuída aos jogadores, vai ajudar ou só vai piorar a situação?

    O Leco é o maior incompetente que já apareceu no futebol brasileiro.

  2. Para o editorial basta copiar e colar o da semana passada. Não precisa nem mudar o título.
    Se quiser diferenciar basta colocar um II na frente.

  3. Não dá para dizer que temos um time. Um verdadeiro catado, onde os jogadores parecem que foram apresentados hoje no vestiário.
    Padrão zero! Atitude zero! Preparo físico zero! Vontade zero! Comando zero!
    É lutar para não cair. Nossa realidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.