São Paulo volta a jogar bem e goleia o Grêmio Novorizontino fora de casa

Em dois jogos, duas goleadas. Esta é a campanha do São Paulo neste início de Campeonato Paulista. Na noite desta quinta, o Tricolor não tomou conhecimento do Grêmio Novorizontino e bateu o time da casa, por 3 a 0, com gols de Everton, Diego Souza e Pablo. No domingo, o time do técnico André Jardine coloca sua força à prova ao duelar com o Santos, do argentino Jorge Sampaoli.

Com três mudanças em relação ao time que bateu o Mirassol na estreia do estadual (Liziero na vaga de Jucilei, Bruno Alves na vaga de Arboleda e Diego Souza no lugar de Helinho), o São Paulo manteve a mesma postura agressiva e dominou a partida do início ao fim. É bem verdade que a zaga do Grêmio Novorizontino colaborou com duas falhas grotescas, mas o Tricolor o foi imponente e sua vitória foi incontestável.

Embalada, a equipe do Morumbi agora terá seu primeiro grande desafio na temporada. No domingo, às 17h, o São Paulo encara o Santos, no Pacaembu. O Peixe também venceu seus dois jogos no Paulistão e, nesta quinta, bateu o São Bento, em Sorocaba, por 4 a 0. A tendência é de casa cheia no primeiro jogo de Jorge Sampaoli na capital paulista.

Veja como foi a partida:

A assistência do Nenê e o gol do Everton
Brigando por uma vaga no meio de campo para a disputa na Copa Libertadores, o meio-campista Nenê começou a temporada com tudo. Depois de ser um dos destaques da goleada, por 4 a 1, diante do Mirassol, o camisa 10 deu uma assistência de muita classe para Everton abrir o placar ao Tricolor contra o Grêmio Novorizontino. O são-paulino recebeu a bola no meio de campo e, com um passe na medida, deixou seu companheiro de time na cara do gol. Everton apenas teve o trabalho de dominar a bola e bater na saída do goleiro.

Que lambança
Melhor em campo, o Tricolor não teve dificuldade para voltar a marcar seu segundo gol na partida. Quase do campo de defesa, o meia-atacante Everton lançou Diego Souza em profundidade. A bola não tomou a trajetória que o são-paulino queria e foi de encontro ao goleiro Vagner, que se adiantou para fazer a defesa. O zagueiro Flávio Boaventura, que não escutou seu companheiro de equipe, se jogou na bola e a tocou para trás. Diego Souza, que acompanhava a jogada, ficou completamente livre para balançar a rede adversária.

De fora da área
A goleada do Tricolor em Novo Horizonte foi sacramentada com outra falha do time da casa. Completamente livre de marcação, Pablo recebeu a bola na beirada do campo e arrancou sem ser incomodado por ninguém. Confiante, o camisa 12 do São Paulo arriscou de fora da área e o goleiro Vagner, embora bem posicionado, errou o tempo de bola e tomou o gol, o terceiro do time do técnico André Jardine.

FICHA TÉCNICA
NOVORIZONTINO 0 X 3 SÃO PAULO
Local: Jorge Ismael de Biasi, Novo Horizonte (SP)
Data-Hora: 24/1/2019 – 21h
Árbitro: Marcio Henrique de Gois
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Luiz Alberto Andrini Nogueira
Público/renda: 6.741 pagantes/R$ 290.000,00
Cartões amarelos: Flavio Boaventura e Felipe Marques (NOV), Tiago Volpi (SAO)
Cartões vermelhos: –
Gols: Everton (7’/1ºT) (0-1), Diego Souza (29’/1ºT) (0-2), Pablo (26’/2ºT) (0-3),

NOVORIZONTINO: Vagner; Lucas Ramon, Flávio Boaventura, Everton Sena e Paulinho; Adilson Goiano, Jean Patrick e Murilo Henrique (Cléo Silva, aos 29’/2ºT); Paulinho Moccelin (Pedro Carmona, aos 11’/2ºT), Felipe Marques e Carlos Henrique (Carlinhos, aos 13’/2ºT). Técnico: Roberto Fonseca.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Bruno Peres, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Hudson, Liziero (Jucilei, aos 11’/2ºT), Nenê (Helinho, aos 12’/2ºT) e Everton; Pablo e Diego Souza (Araruna, aos 30’/2ºT). Técnico: André Jardine.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.