São Paulo vira para cima do Santa Cruz e avança na Copinha

O São Paulo segue em busca do quarto título da Copa São Paulo de juniores. Após sair atrás no placar com um gol olímpico que contou com falha do goleiro tricolor, o time comandado por Sérgio Baresi venceu o Santa Cruz de virada por 2 a 1, em duelo disputado na tarde desta quarta-feira, na cidade de São Carlos. O gol que garantiu a classificação à equipe paulista saiu após lance extremamente confuso, que gerou muita reclamação por parte dos pernambucanos.

Após cruzamento de João Schimidt e desvio de cabeça de Rodrigo Caio, a bola subiu e passou a ser disputada por Adelino e Watson, que segurou a bola. Já no chão, o atacante são paulino aproveitou descuido do goleiro do Santa Cruz, que também havia caído, e conseguiu chutar bater em direção ao gol; o zagueiro do time pernambucano correu pra evitar que a bola passasse da linha, mas não conseguiu.

“A gente sempre fala, não pode desanimar nunca. E como estava chovendo, o goleiro soltou a bola, eu acreditei no lance e fiz o gol”, contou o atacante Adenilo. A reclamação continuou após o apito final e os jogadores do Santa Cruz partiram para cima do trio de arbitragem. Mas a confusão parou por aí.

Agora, nas oitavas de final, o São Paulo enfrenta o Fortaleza, que superou o Botafogo por 2 a 0 com dois gols de pênalti, marcados por Edinho, aos 33min da etapa final, e Stênio, já nos acréscimos da partida.

O domínio tricolor desde o apito inicial de nada adiantou. Era o São Paulo quem criava as melhores chances da partida, mas foi o Santa Cruz, que pouco ia ao ataque, quem abriu o placar, aos 31min. E de uma forma pouco usual: através de um gol olímpico, marcado por Wallacy.

No lance, em escanteio cobrado da direita, a bola foi em direção ao gol e Felipe Passoni aceitou. Frango do goleiro tricolor, apesar da bola molhada por conta da forte chuva. “Foi uma falha minha e dele [João Schimidt], eu gritei para ele ir na bola, mas a hora que eu vi a bola já estava dentro do gol quase. E a chuva atrapalha ainda”, justificou o camisa 1 tricolor.

O jogo não mudou após o gol do time pernambucano. O Santa Cruz continuava apostando no contra-ataque, enquanto o São Paulo tinha a posse de bola, até chegava ao ataque, mas não conseguia finalizar com precisão. E foi assim até o intervalo.

Na etapa final, o São Paulo ganhou mais um adversário: o gramado, que não resistiu à forte chuva que caiu durante o primeiro tempo e ficou recheado de poças d’água. Porém, alguns locais do campo não ficaram prejudicados, e foi por eles que o time tricolor conseguiu chegar ao empate, após uma jogada muito bem trabalha pelo setor ofensivo.

Lucas Farias foi acionado pela direita e cruzou à meia altura para Tiago, que bateu de primeira de dentro da área e deixou tudo igual, aos 12min. E quinze minutos depois veio o gol da virada, recheado de polêmicas, marcado por Adelino. Depois disso, o Santa Cruz não conseguiu mais reagir, e acabou eliminado da competição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*