São Paulo viaja com dois atacantes para PE, e escancara problemas no setor

O técnico Ney Franco decidiu relacionar apenas

dois jogadores de ataque na delegação do São Paulo que viajou para Pernambuco terça-feira para enfrentar o Náutico. A decisão do treinador escancarou os problemas que ele possui atualmente no setor.

Ney tem três atacantes a sua disposição: os jovens Ademilson, Willian José e Rafinha. Mas diferentemente das últimas partidas, ele decidiu levar apenas os dois primeiros para Recife, sendo que Willian será reserva.

Luis Fabiano e Osvaldo seguem se recuperando de lesão, enquanto Lucas faz nesta quarta-feira seu último jogo com a seleção brasileira antes de retornar para o São Paulo. Vale lembrar que ele foi vendido recentemente ao Paris Saint-Germain e só ficará no Tricolor até o fim desta temporada.

Com tantos problemas no setor, Ney Franco se viu obrigado a improvisar Cícero nos dois últimos jogos. E a estratégia deu certo, já que o meia marcou gols em ambas as oportunidades.

Para compensar a falta de opções no ataque, Ney Franco convocou atletas a mais para o meio-campo, caso do meia Dener, que surge como opção para ser improvisado no setor por ser mais ofensivo.

Mas se contra o Náutico terá problemas, Ney Franco ganhará soluções já para o duelo de sábado contra a Ponte Preta. Lucas retorna da seleção brasileira e vai para o jogo. Luis Fabiano e Osvaldo estão em fase final de recuperação, e devem voltar a treinar na próxima semana.

E é com problemas no ataque que o São Paulo enfrentará às 21h50 desta quarta-feira o Náutico, no estádio dos Aflitos, pela 17ª rodada do Brasileirão, precisando vencer para tentar reduzir a distância de seis pontos para o G-4 da competição.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*