São Paulo traça plano para driblar pré-temporada curta antes de estrear na Copa Libertadores

A derrota para o Grêmio, por 2 a 1, praticamente confirma o São Paulo na primeira fase da Libertadores de 2013. Feliz ou infelizmente, a comissão técnica agora prepara a pré-temporada do ano que vem, que ficará apertada no calendário, e pode ficar ainda mais curta caso o Tricolor chegue à final da Copa Sul-Americana.

O São Paulo é 4ª no Brasileirão, a cinco pontos do Botafogo (5º), e sete do Grêmio (2º). Com nove pontos ainda em disputa, o Tricolor tem poucas chances de chegar ao vice-campeonato – que daria vaga direta para a próxima Libertadores.

– Nosso papel agora é conseguir a classificação para a Libertadores, mesmo que seja para a pré-Libertadores – comentou o técnico Ney Franco ao site oficial do clube.

Na tarde de hoje, o treinador vai se reunir com os auxiliares de preparação física e técnica para definir datas e trabalhos específicos para folga de fim de ano e pré-temporada do ano que vem, dependendo de qual for o rumo do Tricolor na Sul-Americana. Caso seja eliminado na semifinal, o elenco encerrará o ano após a partida contra o Corinthians – última rodada do Brasileirão –, no dia 2 de dezembro. Uma classificação para a final, no entanto, encurtará o período de preparo: o segundo jogo da decisão acontece em 12 de dezembro.

– Talvez não tenhamos nem um mês de folga. A recomendação que vamos pedir é para que se evitem excessos, e alguns atletas terão outras. Na questão de preparo nas férias, alguns vão receber orientação para que façam trabalho de força muscular. Será preciso manter esse trabalho – conta o preparador físico José Mário Campeiz, ao LANCENET!.

O plano está traçado. Com a primeira fase da Libertadores a ser disputada logo no fim de janeiro, o São Paulo deve ter apenas um jogo pelo Paulistão antes. Para que os atletas consigam manter a alta performance durante o período de folga, e estejam em plenas condições já no fim de janeiro, os treinos físicos de pré-temporada serão mais leves. As atividades com bola, e táticas, acontecerão desde a volta das férias, que deve ocorrer na primeira semana do mês.

Os jogadores que terão trabalho específico para as férias

Para evitar lesões
A principal preocupação dos médicos e de preparadores físicos do São Paulo é que, com o calendário apertado, o retorno em alta performance em janeiro de 2013 coloque em risco alguns jogadores do elenco, que sofreram com lesões musculares – principalmente nos membros inferiores – na temporada. Além de Ceni, são cinco atletas:

Luis Fabiano
Sofre com lesões musculares na coxa esquerda desde que fez a cirurgia no tendão do local, após chegar ao São Paulo. Neste ano, não conseguiu participar do Paulistão, pelos problemas que teve no fim de 2011 e na pré-temporada, antes do estadual.

Ganso
O meia chegou no fim de setembro, recuperou-se da lesão muscular na coxa esquerda, mas acelera o trabalho de preparação física para poder participar de alguns jogos nesta reta final de temporada. Para que não perca força, terá trabalho nas férias.

Cañete
Chegou ao São Paulo em julho do ano passado, com problemas musculares na perna direita. Em setembro, teve lesão grave no joelho direito, e só voltou aos treinos há dois meses. Para que não se repita, vai continuar a preparação no fim de ano.

Wellington
O volante sofreu grave lesão nos ligamentos do joelho esquerdo em fevereiro, e voltou ao time no fim de agosto. Assim como os outros, fará reforço muscular nas férias para não perder força, uma vez que ficou parado por seis meses na atual temporada.

Rodrigo Caio
O jovem volante teve duas lesões no ligamento colateral medial do joelho esquerdo, no fim do ano passado, e não participou de toda a pré-temporada deste ano sem limitações. Agora, vai aproveitar o fim de ano para chegar 100% em janeiro de 2013.

Tempo de preparação

Se cair na semifinal…
48 dias
Entre o primeiro dia após a partida contra o Corinthians, no dia 2 de dezembro, na última rodada do BR-12, e o primeiro jogo do Paulistão de 2013, antes da primeira partida da primeira fase da Libertadores.

Brasileiro no final
Brasileirão
Neste caso, a última partida do ano será contra o Corinthians, em 2 de dezembro.

Sul-Americana
Último jogo seria no dia 28 de novembro.

Retorno
Folga poderia ter até 30 dias, para voltar após o ano novo para a pré-temporada.

Se chegar à final…
38 dias
Entre um dia após a segunda partida da final da Sul-Americana e o primeiro jogo do Tricolor no estadual. Chegar à decisão do torneio continental reduz em dez dias o período entre uma temporada e outra.

Folga reduzida
Brasileirão
Partida contra o Corinthians em 2 de dezembro não será a última do ano.

Sul-Americana
Finais serão nos dias 5 e 12 de dezembro.

Retorno
Folga teria menos de um mês, para time atingir bom nível no fim de janeiro.

Copa das Confederações 2013 pode amenizar aperto

Apesar do início de temporada às pressas para o São Paulo, o ano que vem reserva uma folga de quinze dias no meio da temporada, para todos os clubes. A Copa das Confederações, que acontecerá no Brasil, vai parar o Brasileirão e outras competições entre os dias 15 e 30 de junho.

A parada no calendário pode servir para o Tricolor colocar em dia as folgas do elenco, que pode não ter um mês de férias ao fim da temporada, e para amenizar o cansaço provocado pelo início de ano intenso.

As datas de parada coincidem com as primeiras rodadas do Brasileirão. Caberá ao São Paulo decidir entre diretoria, comissão técnica e elenco o que fazer com o período. Além do descanso, é preciso respeitar o vínculo trabalhista, que reserva ao empregado período de 30 dias de folga por ano – o que pode não acontecer.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*