São Paulo paga débitos com jogadores, mas prevê cenário difícil

Cinco dias após o vazamento dos atrasos nos salários e premiações dos jogadores, a diretoria do São Paulo afirma ter quitado a dívida com os atletas na manhã desta terça-feira. Os tricolores que estavam com o problema já foram notificados pelos dirigentes de que o dinheiro foi depositado, mas as projeções para os próximos meses não são otimistas.

Um cartola afirma ainda que nem todos podem ter a confirmação do pagamento já nesta terça por questões burocráticas, mas que o clube tem tudo pronto para quitar os débitos. Essas questões burocráticas se devem ao fato dos atletas receberem o dinheiro como pessoas jurídicas, explicou o dirigente.

Para alguns jogadores do elenco, a diretoria devia até dois meses de direitos de imagem e também o pagamento de premiação referente à classificação do time à fase de grupos da Copa Libertadores da América, posição conquistada graças ao vice-campeonato brasileiro do ano passado.

Embora o pagamento tenha sido feito dentro do novo prazo estipulado no último fim de semana, os atletas estão cientes de que novos problemas do tipo podem acontecer. Isso porque a diretoria tenta jogar aberto e admite que o clube vive situação financeira muito complicada. Se novas receitas não forem criadas ou se as atuais não forem incrementadas, novos atrasos podem ser inevitáveis.

O São Paulo está sem patrocinador master desde o fim de julho do ano passado e neste início de temporada tem enfrentado um obstáculo que não existia em 2014: a falta de público no Morumbi. O jogo com mais torcida em 2015 beirou apenas 20 mil pessoas, nos 4 a 0 sobre o Danubio (URU). A bilheteria não tem ajudado os cofres do clube mesmo com os preços considerados altos pelos tricolores.

A fonte da salvação tem sido o novo acordo com a Under Armour para fornecimento de material esportivo, que deve gerar cerca de R$ 72 milhões nos próximos quatro anos. Outra saída dos dirigentes tricolores é a negociação de atletas. Na ida de Maicon para o Grêmio, por exemplo, compensação financeira é esperada para os próximos dias.

 

Fonte: Lance!net

4 comentários em “São Paulo paga débitos com jogadores, mas prevê cenário difícil

  1. Não consigo entender!
    Até que consigam um patrocínio master, por que não patrocínios pontuais? Qual a lógica da camisa limpa?
    Pouco é melhor do que nada; principalmente quando o time vem jogando o que tem jogado, e espantado o torcedor do Morumbi! Pelo menos vai ajudar a manter os salários em dia. Já que foram pródigos em oferecer salários altos e contratos longos, agora tratem de cumprir o combinado sem chororô…

  2. A solução para o caixa esta na venda dos jogadores da base. Hoje o que o técnico ganha com os jogadores lançados e vendidos, absolutamente nada. Um premio para os técnicos da base e do principal no caso de venda seria uma forma dos treinadores ficarem engajados. No tempo do Tele eu desconfiava que havia qualquer coisa parecida, era lançamento de garotos o ano todo.

  3. Pagou esse bando de come e dorme que exploram o clube e jogam como meninas, fora o aposentado no banco que faz um péssimo trabalho e ainda se acha pressionado.
    Manda essa cambada embora que recebem uma fortuna e só pregam pra ganhar de times pequenos. O prejuízo pelo desempenho desses pipoqueiros eh maior devido aos fracassos e por consequência a falta de vontade da torcida em ver um time cheio de medalhões que dão vexames.

    Vaza cambada de vagabundos mercenários, mandem pra rua esses medalhões junto com esse técnico que os.protegem e deixa os garotos e os que estão melhores de fora!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*