São Paulo não marca há cinco jogos, e diretoria busca reforço para ataque

Quebrar a série de partidas sem vitória (já são 13) vem sendo um problema daqueles para o São Paulo. A defesa, tão criticada desde o começo do ano, já não falha tanto e subiu de produção. A fase ruim agora é do ataque. Com a derrota para o Bayern de Munique, na Alemanha, o Tricolor chegou ao quinto jogo consecutivo sem fazer gols. Nesta quinta, às 13h15 (de Brasília), o time enfrenta o Milan, pela decisão do terceiro lugar da Copa Audi. Silvinho e Ademilson devem formar setor ofensivo.

O São Paulo não balança a rede adversária desde o dia 14 de julho, quando foi batido por 3 a 2 pelo Vitória, no Barradão, pelo Campeonato Brasileiro. Rogério Ceni, em cobrança de falta, anotou. Ele, porém, perdeu a chance de quebrar o jejum ao perder um pênalti diante dos alemães. O técnico Paulo Autuori, preocupado com essa situação, tem conversado com a diretoria, que já busca alternativas no mercado.

Depois do revés em Salvador, a falta de gols só ajudou a aumentar a crise instalada no clube desde a eliminação nas oitavas de final da Taça Libertadores. O Tricolor perdeu para Corinthians (2 a 0), Cruzeiro (3 a 0) e Internacional (1 a 0), além de um empate diante do mesmo Timão (0 a 0), desta vez pelo Brasileirão.

– Estamos encontrando uma maneira de jogar. A história do São Paulo não nos permite jogar de forma defensiva. Acho que nossa evolução defensiva está boa. Precisamos agora treinar mais a parte ofensiva para chegar melhor ao ataque e não deixar só os jogadores da frente – afirmou o volante Fabrício.

O momento dos atacantes é um reflexo dos resultados. A dupla considerada titular também vive uma crise. Luis Fabiano não marca desde 12 de junho, no empate por 1 a 1 contra o Grêmio, em Porto Alegre. Lesionado, ele não viajou com a delegação para a Europa.

Já Osvaldo está em guerra com as redes. Ele não faz um gol sequer desde 28 de fevereiro, data da vitória por 2 a 1 sobre o Strongest, no Morumbi, pela fase de grupos da Libertadores. Aloísio, o reserva mais utilizado, marcou um diante do Vitória, pouco antes de Ceni.

O elenco sem muitas opções também colabora para isso. O grupo conta com Silvinho, contratado do Penapolense após o Paulistão, e Ademilson, garoto promovido da base. A direção busca reforços para o setor – Scocco era o preferido, mas fechou com o Inter – ainda para o Brasileirão.

– É desagradável, são 13 jogos sem vitória. Isso nos chateia bastante. Estamos trabalhando para reverter isso o quanto antes – afirmou o goleiro Rogério Ceni.

 

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “São Paulo não marca há cinco jogos, e diretoria busca reforço para ataque

  1. Agora que o mercado internacional fechou?? Querem contratar mais silvinhos, aloisios e neguebas? Que ótimo, acho que se contratar o atacante do barra-vento futebol clube seremos campeões de tudo, agora vai!!! Diretoria de merda, ridículos, arrogantes e prepotentes!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.