São Paulo não cede e passagem de Hudson pelo Cruzeiro chega ao fim

O volante Hudson não veste mais as cores do Cruzeiro. O  São Paulo não cedeu às investidas da Raposa para abater a pedida de R$ 5,9 milhões por 50% dos direitos do jogador e a negociação conheceu seu desfecho.  A informação do adeus partiu do próprio meio-campista, que postou um texto de agradecimento à Raposa em suas redes sociais. A princípio, o atleta retorna para o Tricolor.

– Nessa quinta-feira (21), encerro mais um ciclo em minha vida. Um ciclo de alegria, conquistas e, principalmente de um título tão importante. Me despeço do Cruzeiro hoje, tendo em vista um futuro em que o passado sempre estará presente, se não em corpo, mas tenho certeza que no coração. É por isso que, hoje, tomo esse espaço para agradecer às pessoas que estiveram ao meu lado, a comissão técnica, meus companheiros, que diga-se é um grupo espetacular e merece muita coisa boa ainda e a antiga diretoria que fez o esforço de me contratar a um dos maiores clubes do mundo, escreveu o jogador, aproveitando a oportunidade para cutucar a atual gestão do clube.

Pelo acordo firmado entre São Paulo e Cruzeiro no ano passado, o clube de Belo Horizonte tinha o direito de exercer a prioridade da compra ao fim do contrato, previsto para o dia 31 de dezembro. Os mineiros, no entanto, tentaram renegociar os valores alegando crise financeira. A diretoria tricolor não cedeu e a novela chegou ao fim.

A Raposa tinha a opção de parcelar em seis parcelas trimestrais de 250 mil euros (R$ 977 mil) o valor pedido pelo Tricolor: 1,5 milhão de euros (R$ 5,9 milhões) por metade dos direitos econômicos do meio-campista.

Por enquanto, ainda não há uma definição sobre o novo destino de Hudson. Caso não apareça uma nova proposta, o atleta se apresenta no CT da Barra Funda no dia 3 de janeiro para o início da pré-temporada, assim como todos os outros jogadores do São Paulo.

 

Fonte: Lance

 

Nota do PP: meus cumprimentos a Raí, que mostrou que não o São Paulo não vai se rebaixar por qualquer merreca. Se querem o jogador, que paguem quanto pedimos. Ou então vá chorar na cama.

3 comentários em “São Paulo não cede e passagem de Hudson pelo Cruzeiro chega ao fim

  1. Não vejo o Hudson “tudo isso’ e acho que o tricolor deveria tentar uma negociação com algum jogador de mais peso e envolve_lo no negócio. Ele já jogou pelo S.Paulo e não foi lá essas coisas. Não acho que seu passe vale o pedido pelo S.Paulo; talvez se fosse por 100% dos direitos, até que podia valer. Periga ficar ad eternum no banco e contaminar os vestiários com suas mágoas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*