São Paulo não aceita pagar os 100% dos salários de Vargas

Os representantes do atacante Eduardo Vargas já estão no Brasil para tentar selar a transferência por empréstimo do chileno do Napoli (ITA), ao São Paulo. O clube do Morumbi foi o único que conseguiu avançar nas negociações mas, agora, tenta diminuir a pedida salarial dos italianos.

O que ainda impede que o São Paulo feche o empréstimo de Vargas são os salarios. No Napoli, ele recebe o equivalente a R$ 200 mil por mês, e o clube italiano tem exigido nas negociações que o Tricolor pague 100% dos vencimentos do atacante. Por enquanto, o São Paulo não aceita arcar com a totalidade dos salários, mas segue na negociação. Pelo empréstimo por um ano, o clube aceita pagar cerca de 1 milhão de euros (R$ 2,7 milhões).

Um dos representantes do atacante chileno já está no Brasil para negociar com o São Paulo de maneira mais próxima e ouvir outros clubes do país que manifestaram interesse. O Grêmio, que chegou a fazer uma proposta, por enquanto não avançou nas negociações. A diretoria do Flamengo também falou da vontade em contar com Vargas em 2013, mas não fez nenhuma oferta.

Nesta terça-feira, a diretoria do Napoli confirmou que Vargas será emprestado nesta janela de janeiro, e disse que analisa as propostas pelo atacante.

Fonte: Lance

2 comentários em “São Paulo não aceita pagar os 100% dos salários de Vargas

  1. Olha esta diretoria ta demais é claro q nauh vai sair jogando dinheiro fora mais esse cara é bom de bola melhor do q muito q está no tricolor
    po juvenal olha o cara ai pare de beber um pouco já é 2013 vamos trabalhar

  2. O cachaceiro safado está com dó de pagar R$ 200 mil para o Vargas, mas prefere pagar uma fortuna para seus Wisks e cavalos.

    Juvenal, faça um favor para o SPFC e morra, maldito cachaceiro!

    Conselheiros medrosos que votaram nesse verme, parabéns por entregar o SPFC nas mãos de um Curinthiano Safado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*