São Paulo inicia conversas por permanência de Denilson na próxima semana

O São Paulo já marcou uma reunião para tratar da renovação de Denilson. Depois de ouvir pedidos de Ney Franco pela permanência do volante, a diretoria são-paulina resolveu iniciar as conversas a menos de um mês do fim do empréstimo. O encontro, marcado para o fim da próxima semana, será apenas o primeiro dia para tratar do assunto.

O contrato vence em 30 de junho e o jogador já declarou, mais de uma vez, que quer ficar no time do Morumbi. O problema é que, inicialmente, o presidente são-paulino, Juvenal Juvêncio, não queria a permanência do atleta e achava que os atuais volantes do elenco conseguiriam sanar as necessidades da posição. Na quarta, após a vitória em cima do Vasco, o jogador chegou a reclamar da demora.

Com o afastamento de Fabrício e a venda quase fechada de Casemiro ao Real Madrid, as opções começaram a ficar mais raras. Além disso, Ney Franco insistiu bastante em conversas com os diretores na ideia de manter o jogador.

Denilson tem vínculo com o São Paulo até o fim de junho e, com o Arsenal, da Inglaterra, até o fim do ano. Apesar disso, uma cláusula contratual prevê que o time europeu possa renovar seu contrato automaticamente. Por isso, a negociação não deve ser tão fácil, apesar dos são-paulinos sempre tentarem exaltar o que chamam de “ótima relação com os diretores ingleses”.

Essa já é o segundo período do jogador emprestado para o time do Morumbi. Além de bancar os salários do atleta, o São Paulo já precisou pagar pelo empréstimo. A tendência é que, desta vez, o Arsenal só aceite negociar de forma definitiva.

A diretoria são-paulina apenas confirma que tem o interesse em negociar e dizem que a definição será tomada de forma rápida.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*