São Paulo impõe limite de idade em reforços, veta Dracena e quer mais dois

A diretoria do São Paulo não contratará jogadores mais experientes para compor o elenco que disputará a Copa Libertadores de 2015. Após a chegada do lateral esquerdo Carlinhos, de 27 anos, do Fluminense, o presidente Carlos Miguel Aidar e o vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro já definiram como agir no mercado: mais dois reforços, versáteis, que possam atuar em mais de uma posição, e necessariamente abaixo dos 30 anos. Edu Dracena, do Santos, por exemplo, foi um dos vetados.

Dracena tem 33 anos de idade. Trabalhou com o técnico Muricy Ramalho no Santos, venceram juntos a Libertadores de 2011. Segundo Ataíde Gil Guerreiro, foi feita uma reunião com a comissão técnica para avisar que não está permitido iniciar um diálogo sobre negociação com o veterano. “Eu vetei. Não quero jogador acima de 30 anos. Muricy nem falou comigo. Isso saiu na imprensa, eu vi e chamei toda a comissão técnica e disse que só iria contratar jogador acima de 30 anos se fosse excepcional. Só se o Cristiano Ronaldo, com 30, em 2015, quisesse jogar no São Paulo. Precisamos prestigiar os jovens”, afirma o vice de futebol.

O dirigente ainda se coloca como o responsável também pelo veto à contratação do ídolo uruguaio Diego Lugano, de 34. Segundo o vice de futebol, o zagueiro campeão do mundo em 2005 é desejo de comissão técnica e presidência, além da torcida. “Se fosse para trazer o Dracena, eu traria o Lugano. Que o Muricy quer, que o Carlos Miguel [Aidar] quer, que a torcida quer. Só eu não quero”, diz.

Oficialmente, a diretoria nega, mas internamente Muricy Ramalho pediu as contratações de um zagueiro, um lateral direito e um meio-campista ofensivo, que atue pelos lados do campo, além de Carlinhos. A diretoria, no entanto, não vê a mesma necessidade de um reforço para a zaga. Além de Dracena e Lugano, o mexicano Rafa Márquez, de 35, multicampeão pelo Barcelona ao lado de Ronaldinho Gaúcho, também foi vetado. Ele atualmente defende o Hellas Verona, da Itália, e aceitaria se transferir ao São Paulo em janeiro. A prioridade da diretoria, no entanto, é fazer com que haja vagas para o retorno de Rodrigo Caio, 21, que se recupera de cirurgia no joelho, e para o crescimento de Lucão, 18, visto como grande joia da base para o setor defensivo.

 

Fonte: Uol

6 comentários em “São Paulo impõe limite de idade em reforços, veta Dracena e quer mais dois

  1. Não podemos esperar evolução de um zagueiro de 18 anos,no meio da libertadores,isso é loucura,jogar com os zagueiros que temos,tbm é suicídio,precisamos sim,de ao menos um zagueiro de qualidade,caso contrário,vai ser complicado jogar libertadores com essa zaga atual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.