São Paulo esconde time para clássico, mas não a intenção: não perder

Muricy Ramalho ainda não deu qualquer indício sobre o time que será titular na próxima quarta-feira (18), contra o Corinthians, em Itaquera, em partida válida pela primeira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Uma coisa é certa, contudo: a prioridade do São Paulo vai ser não perder o jogo.

“Óbvio que a vitória é o que nós queremos, mas não vai ser fácil. Caso aconteça um empate lá, não será ruim. Temos de jogar com inteligência”, cobrou o volante Souza em entrevista coletiva. “As duas equipes chegam num nível muito bom, e nós precisamos ter inteligência e sabedoria para sair de lá com ponto. Pode ser com um empate ou com uma vitória, que é o que nos interessa mais, mas o importante é pontuar”, completou.

Até a cobrança de Muricy Ramalho tem relação direta com isso. O técnico tem dado ênfase ao trabalho defensivo, e o resultado é que o São Paulo não sofre gols há três partidas.

“Precisamos nos defender com inteligência. Acho que em momento algum a equipe vai ficar retrancada porque nossa virtude não é defender. Temos de saber fazer isso, mas nossa virtude é atacar”, avisou Souza.

Corinthians e São Paulo nunca se enfrentaram na Libertadores, e o único clássico disputado em Itaquera foi o último (vitória dos anfitriões por 3 a 2 no dia 21 de setembro de 2014). Nessa partida, os visitantes só conseguiram duas finalizações e só conseguiram 48% de posse de bola.

A proposta mais cautelosa é a principal pista sobre o São Paulo que vai enfrentar o Corinthians na quarta-feira. Muricy Ramalho não falou nem para os jogadores o time que ele pretende escalar no clássico.

Até aqui, Muricy Ramalho não repetiu a escalação do São Paulo em dois jogos consecutivos de 2015. Houve muitos motivos para isso (lesões, oscilação de rendimento e titulares poupados, por exemplo), mas a falta de um padrão na escalação só reforça o mistério para quarta-feira.

O Corinthians não perde em Itaquera desde o jogo inaugural do estádio, em 2014, contra o Figueirense. São 21 partidas consecutivas de invencibilidade no local.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*