São Paulo enfrenta Bahia para sacramentar vaga e embalar para o clássico

O São Paulo iniciou contra a Ponte Preta, no último sábado, uma sequência de jogos que a comissão técnica e os jogadores entendem que pode definir o restante da temporada do clube. Depois de voltar a vencer após três derrotas seguidas com o triunfo sobre a Ponte, o time tem pela frente o Bahia, pela Copa Sul-Americana, às 21h15 desta terça-feira, e depois o clássico contra o Corinthians, no domingo.

Na cabeça dos são-paulinos, sacramentar a classificação para as oitavas de final contra o Bahia servirá não só para seguir vivo na competição que dá vaga à Copa Libertadores, mas também para chegar com mais moral para o clássico contra o Corinthians, pela última rodada do Brasileirão.

Com gols de Rogério Ceni e Ademilson, o São Paulo pode até perder por um gol de diferença no estádio do Morumbi que avança na competição.

Com a classificação bem encaminhada, o técnico Ney Franco poderá usar a partida contra o Bahia para pensar em soluções para o clássico contra o Corinthians. O maior problema está nas laterais.

Na direita, Douglas está machucado e não deve ter condições de enfrentar o time alvinegro. João Filipe vinha sendo utilizado no setor, mas Paulo Miranda jogou contra a Ponte e não comprometeu. O último tem mais chances de seguir na equipe, mas o volante Rodrigo Caio ainda pode aparecer na ala.

Pela esquerda, Cortez recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora. Contra o Bahia, ele deve ser titular, mas poderá ser substituído no decorrer do jogo. Para o clássico, Ney tem algumas opções. Cicero já atuou improvisado no setor e sai na frente. Henrique Miranda é da posição, mas é visto como inexperiente ainda para entrar em um duelo contra o Corinthians.

“Estou aqui para ajudar. Pode ser eu, o Henrique Miranda, o Cícero. Quem ganha aqui é o São Paulo. Se o professor quiser me colocar no time, ótimo”, afirmou o lateral Cortez.

Luis Fabiano e Wellington já treinam com o grupo, mas serão poupados do jogo pela Sul-Americana. A ideia da comissão é preservar os atletas para o jogo de domingo. Paulo Assunção não foi inscrito na competição.

A vantagem é considerável, mas o discurso dos jogadores é de respeito ao time baiano. “Temos que pensar apenas no jogo do Bahia e deixar o Corinthians para depois. Não podemos priorizar nada”, disse o atacante Ademilson.

No Bahia, a grande ausência é o atacante Souza, poupado após sentir um incômodo muscular na coxa. Além de Souza, Caio Júnior não poderá contar com  Coelho, Ávine, Kléberson, Fabinho, Jéferson e Elias, todos machucados ou em recuperação de lesões.

Neto, Jéferson, Caio e Cláudio Pitbull não foram inscritos para a primeira fase do torneio continental e também são desfalques.

 

FICHA TÉCNICA – SÃO PAULO X BAHIA

Data: 21/8/2012 (terça-feira)

Horário: 21h15

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Árbitro: Sandro Meira Ricci (PE)

Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Carlos Berkenbrock (RS)

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Rhodolfo, Rafael Tolói e Cortez; Denilson, Maicon, Cícero e Jadson; Lucas e Ademilson. Técnico: Ney Franco.

BAHIA: Marcelo Lomba, Diones, Titi, Danny Morais e Victor Lemos; Fahel, Mancini, Lulinha, Gabriel e Zé Roberto; Junior. Técnico: Caio Junior.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*