São Paulo empresta revelação ao Mirassol

O São Paulo emprestou o volante Marcel, de 19 anos, para o Mirassol. O acerto foi confirmado nesta terça-feira pelo time do interior, que já realizou 13 contratações para a Série D do Campeonato Brasileiro. O atleta, que tem vínculo com o Sampa até abril de 2014, foi emprestado até o fim da temporada.

– É a primeira vez que deixo o Tricolor para defender outro clube. E quando me falaram do Mirassol, fiquei muito entusiasmado. O São Paulo vê o Mirassol como exemplo de agremiação organizada no Interior, o que me deixou tranquilo para assinar o contrato de empréstimo – afirmou o volante.

 

Campeão da Copa São Paulo de Futebol Jr, quando inclusive Lucas fazia parte do time, Marcel foi emprestado para adquirir experiência. Ele está no São Paulo desde 2004 e foi promovido ao profissional aos 16 anos.

– É a primeira vez que deixo o Tricolor para defender outro clube. E quando me falaram do Mirassol, fiquei muito entusiasmado. O São Paulo vê o Mirassol como exemplo de agremiação organizada no interior, o que me deixou tranquilo para assinar o contrato de empréstimo – completou.

4 comentários em “São Paulo empresta revelação ao Mirassol

  1. Paulo, vou fazer uma observação, já meio fora de hora porque o assunto já era de ontem.
    A minha conclusão é, e eu já falei isso há algum tempo, que estamos com a mentalidade dos anos 70, ao emprestar jovens promessas para clubes do interior. Não dá mais. O São Paulo quer se modernizar, mas fica fazendo as mesmas coisas que fazia há mais de 30 anos.
    Ridículo!!!
    Gostaria que alguém me lembrasse qual jovem promessa que foi emprestada pelo São Paulo vingou??? Hernanes não vale, pois a diretoria o escalou na marra por conta da venda do Josué, contrariando até o Muricy, na época.
    Fora esse caso do Hernanes, não teve mais ninguém que foi emprestado, voltou e vingou. Eu, pelo menos, não me lembro. Muito pelo contrário, só lembro de fracassos,
    Veja as promessas que vingaram: TODAS foram diretamente para o time principal.
    Alguém já viu que esse garoto não serve, ou então ele foi mal avaliado, e optou por emprestá-lo. Para mim, cheira a conchavo com empresário de atleta ou politicagem. Uma ou outra, cheira mal do mesmo jeito.
    Agora, me diga: qual grande clube no mundo que empresta jovens e efetivas promessas?
    Isso não existe mais. Messi, Iniesta e Xavi jogavam no Barcelona B, Piazon foi jogar no Chelsea B, entre os casos mais famosos.
    O Rene Simões já falou que teríamos que ter um São Paulo B, disputando torneios oficiais como segunda divisão, copas da federação, entre outros, para que as jovens promessas fossem se ambientando com o clube, com o peso da camisa e, em eles se destacando, subiriam para o time principal, mas alguém já começou a boicotá-lo no clube e esse projeto não vingou.
    Quem vai ganhar fama ou experiência no Mirassol???
    Sejamos sinceros alguém que ser diferenciado, não pode ainda pensar como clubes dos anos 70.

    • Regis, você, como leitor assíduo do Tricolor na Web, acompanhou as denúncias que fiz sobre o CT de Cotia, onde mandam os empresários. Virou pedido da oposição para a criação de uma comissão de sindicância para apurar os fatos. É isso o que está acontecendo. Lamentavelmente o Renê Simões não terá vida longa ali. Triste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*