São Paulo empata em Curitiba e se distancia do G4

Com um jogador a mais em campo, o Coritiba saiu na frente, mas permitiu o empate do São Paulo em 1 a 1, no Couto Pereira, e segue em situação delicada no Campeonato Brasileiro. O Tricolor, por sua vez, arrancou um ponto no final da partida, mas perdeu um pouco de contato com o G-4. Com o resultado, o Alviverde chega aos 29 pontos, na 16ª colocação, e segue próximo da zona da degola.

Depois de uma primeira etapa equilibrada, mas sem bola na rede, o Coxa conseguiu abrir o placar aos 14 minutos, em cobrança de pênalti de Éverton Ribeiro. O time paulista ainda perdeu Rhodolfo por expulsão após abusar das faltas, além de cometer a penalidade sobre Rafinha. Mas, aos 39 minutos, no sufoco, Osvaldo recebeu de Lucas para deixar tudo igual.

Na próxima rodada, o Coritiba volta a campo na quinta-feira,quando enfrenta a Ponte Preta, novamente no Alto da Glória, na capital paranaense. Já o São Paulo terá pela frente o clássico diante do Palmeiras, sábado, no Estádio do Morumbi.

O jogo – Empurrado pelo torcedor, o lateral Victor Ferraz, que ganhou uma oportunidade com a lesão de Ayrton, arrancou no meio da defesa são-paulina no primeiro ataque alviverde e foi travado por Rafael Tolói, ficando no chão reclamando de falta, não marcada. Aos seis minutos Roberto dominou na área, girou o corpo e parou no corte de Cortez. Na sequência, a bola voltou para o atacante coxa-branca, que obrigou Rogério Ceni a defender com os pés.

A partida começou movimentada, com a equipe da casa impondo seu ritmo. Aos 10 minutos, Gil fez o cruzamento fechado e Ceni saiu para fazer a defesa no chão. O Tricolor começou a pressionar a saída de bola do Coritiba para dificultar as ações do adversário. Aos 14 minutos, Lucas partiu para a jogada individual, clareou a joga, e bateu com muito perigo, pela linha de fundo. O panorama do jogo mudou, com o crescimento do São Paulo.

Lucas começava a fazer a diferença em campo e, aos 21 minutos, tirou a zaga alviverde pra dançar e, no arremate, Vanderlei deu tocou na bola para ceder escanteio e salvar. Na resposta, aos 25 minutos, Éverton Ribeiro levantou, a bola cruzou a área e ninguém aproveitou. Contra-ataque rápido do Tricolor, aos 34 minutos. A bola sobrou com Maicon, que mandou o petardo e carimbou Escudero. Polêmica aos 42 minutos, quando Ademílson dividiu com o goleiro Vanderlei e ficou no chão pedindo pênalti. O árbitro mostrou amarelo ao atacante por simulação.

Depois do intervalo, as equipes retornaram sem modificações. Logo no primeiro minuto, Rafael Tolói arriscou o chute de longe e Vanderlei segurou sem maiores problemas. A partida era equilibrada no Alto da Glória. Aos quatro minutos, Everton Ribeiro cobrou falta, a defesa tricolor desviou para trás e a bola saiu. O técnico Ney Franco colocou em campo Casemiro e Douglas.

O resultado não era bom nenhum dos times, especialmente pra o Coritiba, que jogava em casa e estava seriamente ameaçado pela proximidade da zona de rebaixamento. Aos 13 minutos, Rafinha roubou a bola de Rhodolfo e arrematou para carimbar a trave. Na jogada seguinte, Rafinha fez fila e foi derrubado por Rhodolfo. Pênalti. Na cobrança, Everton Ribeiro balançou as redes. O gol animou o time da casa, que mostrava mais tranquilidade.

O São Paulo não estava morto e chegou com perigo aos 21 minutos, com Osvaldo, que passou pela marcação e bateu de esquerda para defesa de Vanderlei. Aos 26 minutos, Rhodolfo, que fazia uma partida ruim, desviou de cabeça contra o patrimônio e acertou o travessão. Petardo de Lucas, aos 30 minutos e o goleiro coxa-branca fez linda defesa. Depois de abusar das faltas, Rhodolfo foi expulso. Mas, aos 39 minutos, Lucas encontrou Osvaldo na área, que tocou no cantinho para empatar o jogo.

FICHA TÉCNICA 
CORITIBA 1 X 1 SÃO PAULO

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 30 de setembro de 2012, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez.
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises e Wagner de Almeida Santos.
Cartões amarelos: Éverton Ribeiro (Coritiba); Rafael Tolói, Ademílson, Rhodolfo, Rogério Ceni (São Paulo)
Cartão vermelho: Rhodolfo (São Paulo)

GOLS: CORITIBA: Éverton Ribeiro, aos 14 minutos do segundo tempo; SÃO PAULO: Osvaldo, aos 39 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Vanderlei, Victor Ferraz (Robinho), Demerson, Escudero e Eltinho; Willian, Gil, Lincoln (Ruidiaz) e Rafinha; Éverton Ribeiro e Roberto (Anderson Aquino)
Técnico: Marquinhos Santos

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda (Douglas), Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Paulo Assunção (Casemiro), Maicon e Jadson (Cícero); Lucas, Osvaldo e Ademilson
Técnico: Ney Franco

Foto: Vipcomm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*