São Paulo empata com a Ferroviária e se classifica como 2º do Grupo 7

O São Paulo se classificou à próxima fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior na segunda colocação do Grupo 7. Nesta quarta-feira, o Tricolor enfrentou a Ferroviária na Arena Fonte Luminosa, dominou o jogo, carimbando a trave três vezes, mas acabou saindo de campo com o empate em 2 a 2 em Araraquara. Os gols são-paulinos foram marcados por Gabriel Novaes e Rodrigo Nestor. Felipe Estrella e Leandro Guerreiro balançaram as redes para a Locomotiva.

O jogo – O São Paulo foi pouco ameaçado pela Ferroviária no primeiro tempo. Desde os minutos iniciais o time comandado por Orlando Ribeiro manteve a posse de bola e se acostumou a chegar com perigo na área adversária. O gol, no entanto, só foi sair aos 28 minutos, quando Fabinho tabelou com Gabriel Novaes e, da entrada da área, pegou em cheio na bola, mandando no ângulo do goleiro adversário, que não teve qualquer chance de fazer a defesa.

Depois de abrir vantagem o Tricolor seguiu pressionando a Ferroviária e aos 32 minutos carimbou a trave com Fabinho. Primeiro Gabriel Novaes apareceu na área para finalizar de primeira o passe de Antony, mas Guilherme defendeu. No rebote, Fabinho completou para o gol, mas carimbou o travessão. Depois, aos 39, foi a vez de Antony parar no poste ao finalizar, ver a defesa fazer o desvio e a bola encobrir o goleiro.

A superioridade do São Paulo era tamanha, que o time se desconcentrou nos minutos finais do primeiro tempo e acabou punido por isso. Aos 40, Felipe Estrella recebeu em profundidade e tocou na saída do goleiro. A bola sobrou para Tuta, que, ao invés de afastar o perigo, tentou dar um chapéu no atacante da Ferroviária dentro da área. O lance não deu certo, e o adversário acabou empatando o jogo antes de as equipes irem para o intervalo.

No segundo tempo o São Paulo voltou determinado a não cometer os mesmos erros da etapa inicial e já aos dois minutos carimbou a trave pela terceira vez, desta vez de cabeça, com o zagueiro Tuta, autor da lambança que resultou no gol da Ferroviária. Já aos 18 minutos o Tricolor foi mais feliz e retomou a frente no placar com Rodrigo Nestor, que se livrou da marcação e bateu colocado, da entrada da área, mandando a bola no ângulo direito do goleiro Guilherme.

Nos minutos finais o São Paulo ainda tentou matar a partida, mas não conseguiu ter a mesma eficiência dos outros lances que resultaram em gols. A Ferroviária, por sua vez, buscou se jogar para o ataque em busca do empate e cumpriu a missão aos 43 minutos com Pedro Guerreiro, que recebeu o passe de cabeça de Lauro e completou de primeira para o gol. A bola ainda desviou no goleiro Thiago Couto, mas morreu no fundo das redes.

6 comentários em “São Paulo empata com a Ferroviária e se classifica como 2º do Grupo 7

  1. O que vi nesses jogos primeiros da copinha:
    Nosso goleiro não tem noção de se colocar em campo. Não sai do gol nas bolas alongadas pelos adversários. Debaixo dos “três paus” ainda não deu para fazer uma avaliação porque jogaram sempre contra o vento.
    A zaga parece ser boa. O Tuta é muito superior à grande maioria dos defensores que disputam a copinha. O Morato, eleito o melhor jogador no Rio G.do Sul, ainda não foi exigido por um time organizado. Agora, o Tuta não pode se sentir tão confortável para querer driblar atacante adversário com nosso gol vazio.
    O meio campo está sacrificado pela forma do treinador armar a equipe. O Nestor me pareceu um ótimo jogador, bem como, seu parceiro o camisa 4, cujo nome esqueci. O Antoni, chisca demais e não é bom na frente do gol – alem de chutar mal. Talvez ele devesse tentar jogar como meia armador pois tem um bom passe.
    O ataque é bom para a idade mas não vi ninguém que trouxesse esperança como quando vi o Toró, por exemplo.
    Agora o treinador…
    Me parece ser uma ótima pessoa, mas o time joga como um grande amontoado e ele não tem noção nas substituições. É pena, mas o S.Paulo vai precisar de um treinador melhor para seguir formando e ganhando títulos na base…
    Time temos para disputar o título; é só jogar com seriedade e vontade…

    • Caro Paulo RP e amigos do site, boa tarde! Concordo com suas reflexões. O jogador mais interessante e promissor desse time, no meu entender e também dos observadores do Barcelona, é o Gabriel Sara, que é uma figurinha carimbada já faz tempo. A montagem do time, atuando num 4/2/4 clássico, é muito temerosa para os padrões atuais do futebol. Escancara a defesa, deixando os zagueiros no mano a mano com os atacantes. Não sei se isso vem da cabeça do Orlando, ou é uma orientação que vem de cima. Para atuar nessa formação tática, se faz INDISPENSÁVEL que, sem a posse de bola, os pontas recuem para fechar os espaços, o que não acontece com Antony e Fabinho, atacantes de ofício e com muito dificuldade na marcação. O ponto extremamente positivo é que a média de idade é muito baixa para uma equipe sub20. Boa parte desses meninos acabaram o ano de 2018, atuando no sub17. O Morato me parece ser um zagueiro de futuro. Tem estilo europeu e é muito bom nas bola aéreas. Contudo, precisa melhor seu desempenho com o pé direito, caso contrário vai ter muito dificuldade com atacantes que atuem pelo lado esquerdo do ataque adversário. De maneira geral e pelo que vi em outras equipes, não é um time para ser campeão, mas não vai fazer feio, apesar da baixa média de idade e das ausências de 6 bons jogadores que poderiam estar disputando essa Copa.

  2. COMEÇA PELO TÉCNICO,MUITO MONÓTONO,SEM RAÇA PRA COMANDAR O ELENCO,JOGADORES DEITAM E ROLAM NA SUA BARBA,EXEMPLO PÉSSIMO DO JOGADOR ANTONY,MASCARADO E NÃO JOGA NADA,CHEGA AO CÚMULO DE ATRAZAR BOLAS DA BANDEIRNHA ADVERSÁRIA PARA LINHA DA DEFESA SÃOPALINA.SE TIVER RABO PRESO JOGUE O BONÉ NO MATO.OUTRO PONTO FRACO É O GOLEIRO QUE ENTREGOU O OURO PARA O ADVERSÁRIO DE MÃO BEIJADA,ASSIM NÃO DÁ !!!

  3. Mais uma péssima atuação defensiva, são os verdadeiros trapalhões versão século 21!!!

    Garotos mimados e deslumbrados, Cotia dá muita moleza!!!

    • A lista de titulos das divisões de base em 2018 é extensa. Muito extensa. Como, aliás, tem sido ha muitos anos.

      Se Cotia está ruim, imagina nos outros…

      Um adendo: o time do São Paulo na copinha está extremamente desfalcado, tanto pela seleção sub-20, quanto pelo elenco profissional.

      • A lista pode ser até ser boa, mas isso nao dá o direito de empatar com a poderosíssima Ferroviária e tomar 2 gols de um time escolar, o tal de Holanda do Amazonas ou sei lá…

        Nao é possível que 4 reservas desse time demonstre um nível tão abaixo dos titulares, ter um técnico tão omisso!!! Parece que não estão jogando os jogos mais importante dessa fase até tentar um time profissional!!! São desligados assim por excesso de mimos na base!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*