São Paulo é o único grande paulista a aumentar dívida em 2016

Longe dos principais títulos do futebol há alguns anos, o São Paulo apresentou dados negativos no balanço do clube em 2016. O time do Morumbi foi o único grande paulista a aumentar a dívida total na última temporada, que pulou de R$ 359 milhões para R$ 385, enquanto os rivais da capital conseguiram diminuir as pendências.

Segundo dados revelados pelo consultor de marketing esportivo Amir Somoggi, o clube, mesmo com um aumento considerável na dívida total, teve crescimento positivo, assim como a média dos clubes do futebol brasileiro, que tiveram crescimento de receita recorde: de R$ 4,161 bi para R$ 5,409 bi no total. Mesmo aumentando a dívida total, o Tricolor fechou 2016 com superávit de cerca de R$ 822 mil, saindo de um déficit de R$ 72,5 milhões em 2015.

Enquanto o Tricolor aumentou em 7% sua dívida total, os rivais Palmeiras e Corinthians diminuíram. O Verdão diminuiu em 4%, e foi de R$ 409 milhões em 2015 para R$ 394 em 2016. Enquanto isso, o Timão teve decréscimo de 6%, indo de R$ 452 mi para R$ 425 mi. Já o Santos, outro grande paulista, foi o que mais diminuiu a dívida: R$ 409 milhões para R$ 356 milhões.

Tricolor tem grande dívida (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Apesar dos números negativos, o Tricolor teve aumento na receita do clube na última temporada, indo de R$ 330 milhões para R$ 393 milhões. A melhoria se deu muito por conta dos direitos de TV, que somam 33% da receita total, e da venda de jogadores, que é de 28%, superando a média dos times brasileiros e sendo o segundo a mais lucrar com a venda de atletas – atrás apenas do Corinthians.

Pesa também a favor do time do Morumbi o fato de ter sido o único grande paulista a ter diminuído o gasto com o departamento de futebol. Na atual temporada, 11 atletas da base de Cotia fazem parte do elenco principal. Mesmo apresentando boa queda, o São Paulo é o quarto time que mais compromete a renda – entre os principais times do Brasil. Os dados, porém, indicam que a diretoria do clube conseguiu diminuir drasticamente o comprometimento, que era de 93% em 2014 e caiu para 67% em 2016.

Se, novamente, compararmos os dados do Tricolor com os dos rivais paulistas da capital, o time do técnico Rogério Ceni seria o que demoraria mais tempo para zerar a dívida total. Enquanto Corinthians e Palmeiras demorariam menos de um ano para quitarem a dívida, caso não houvesse gastos, o São Paulo demoraria cerca de um ano. Já o Santos é o paulista que mais demoraria, com 1 ano e dois meses.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

6 comentários em “São Paulo é o único grande paulista a aumentar dívida em 2016

  1. Cara, eu tenho conhecimento de que a nossa situação financeira é péssima, entendo isso e acho que é necessário ter algumas boas gestões para que isso deixe de ser um problema!
    Agora, acho de extrema ingenuidade acreditar nos balanços de alguns dos nossos adversários, pior ainda é não considerar o patrimônio como sendo um grande diferencial a nosso favor…
    Os jogadores do parmera tem percentual grande de seus direitos pertencente a empresarios, o clube tem muito aporte financeiro de seus “donos” mas isso não representa uma boa gestão ou um futuro sem problemas…
    O santos é isso que estamos acostumados, mescla um elenco onde os “bons” tem idade avançada e os garotos são medianos mas com bom potencial para venda, mas a capacidade de arrecadação é a menor entre os grandes de SP…
    O curica é a grande mentira que estamos acostumados a ver a mídia contar, consegue aliar má administração a um elenco empobrecido e fatiado, acreditar no balanço divulgado por eles é igual a acreditar no lula, sempre mentem e eu acredito que a dívida deles seja muito maior que a divulgada!
    A fovor do curica pesa o apelo da “marca” e a impunidade que existe em nosso país.
    Devemos parar de repetir o que lemos na mídia, devemos ponderar o que vemos com o que ouvimos e vemos, pois um dos grandes problemas do nosso país consiste em comemorar dados maquiados, isso soa como um grande “minta pra mim que eu gosto” e torna tudo em uma bola de neve!
    Vamos cobrar de nossos gestores mas sem comparar com os adversários, somos o São Paulo F.C, nascemos para ser referência!
    Já no Futebol eu entendo que ficamos muito distantes do que deveríamos estar, devemos cobrar, mas com apoio total no que nos diz respeito!

  2. Mais uma prova de má administração, péssima gestão pior que tem tudo para continuar ja que continua essa porcaria de leco, e o mais espantoso é que se tivesse aumentado a divida com otimos jogadores para ganhar titulos ai sim, mas nao vai ganhar nada em 2017 como 2016, e titulos sao sinal de mais dinheiro em caixa a torcida prestigia mais ainda.
    Sao paulo nos ultimos anos virou de time grande para medio ou pequeno, pq so entra nos torneios como coadjuvante e nao para ganhar titulos, e os dirigentes no poder so pensam em si e mais nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*