São Paulo é eliminado, de virada, pelo Bragantino, da Copa do Brasil

De virada, o Bragantino venceu o São Paulo por 3 a 1 nesta quarta-feira e avançou às oitavas de final da Copa do Brasil. O apagão que aconteceu no Morumbi minutos antes da partida começar parece que afetou o time comandado por Muricy Ramalho, que estava totalmente desligado em campo. A defesa tricolor e o velho problema das bolas paradas mais uma vez contribuiram para o resultado negativo. Com a eliminação da competição nacional, o São Paulo disputará a Copa Sul-Americana.

Sem Antonio Carlos e Douglas, machucados, e também sem Kaká e Rafael Toloi, poupados, o São Paulo entrou no esquema 4-3-3. A equipe começou bem o jogo e marcou logo no início, na primeira oportunidade que teve. Aos seis minutos do primeiro tempo, após cobrança de escanteio de Ganso, Paulo Miranda colocou no fundo das redes. Renan, goleiro do Bragantino, se atrapalhou no lance e contribuiu para que a equipe da casa abrisse o placar. Com essa assistência, Ganso igualou Osvaldo na temporada. Ambos têm dez passes que resultaram em gols.

O tento podia ser uma forma de impor o jogo, mas não foi isso que aconteceu. A equipe tricolor estava desentrosada, não criou nada e muito menos finalizou. O primeiro tempo, que começou bem, terminou mal. Luis Ricardo se atrapalhou na marcação e viu o Bragantino empatar com Cesinha, com um chute na entrada da área. Rogério Ceni foi na direção da bola e falhou feio. A bola estava longe de ser indefensável.

O empate assustou o time. Paulo Miranda chegou até fazer milagre ao salvar uma bola praticamente em cima da linha. O cenário mudou totalmente. A equipe, que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro, deixou de apostar só nos contra-ataques e foi para cima do Tricolor.

Osvaldo, Ademilson e Alexandre Pato na linha de frente estavam apagados. Ademilson parecia que nem estava no jogo. Osvaldo era o que mais tentava dar velocidade. Pela esquerda, fez bons cruzamentos, mas não resultaram em nada. Pato errou novamente as finalizações.

Enquanto o Bragantino mudou a postura e gostou do jogo, o Tricolor permaneceu com a mesma. Resultado? Mais dois gols da equipe visitante no segundo tempo. Ambos saíram após cobrança de escanteio. O primeiro, aos 19 e o segundo aos 30. Erros em bolas paradas têm se tornado constantes. A jogada, que Muricy Ramalho tem insistido constantemente nos treinos, dessa vez foi decisiva para a eliminação do time da Copa do Brasil.

 

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 3 BRAGANTINO

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 13 de agosto de 2013, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Público: 7.522 pessoas (total)
Renda: R$ 174.185,00
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)
Cartões amarelos: Álvaro Pereira e Maicon (São Paulo); Geandro, Léo Jaime e Nunes (Bragantino)
Gols: 
SÃO PAULO: Paulo Miranda, aos 7 minutos do 1º tempo;
BRAGANTINO: Cesinha, aos 23 minutos do 1º tempo; Gustavo Carbonieri, aos 19, e Guilherme Mattis, aos 30 minutos do 2º tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Luis Ricardo, Edson Silva, Paulo Miranda e Álvaro Pereira; Souza, Maicon (Denilson) e Ganso; Ademilson, Osvaldo e Alexandre Pato
Técnico: Muricy Ramalho

BRAGANTINO: Renan; Samuel Santos, Gustavo Carbonieri, Guilherme Mattis e Bruno Recife; Geandro, Gustavo e Sandro; Cesinha (Luisinho), Nunes (Lincom) e Léo Jaime (Magno)
Técnico: PC Gusmão

4 comentários em “São Paulo é eliminado, de virada, pelo Bragantino, da Copa do Brasil

  1. Parabéns ao presidente festeiro ,e aos torcedores que defendem este trabalho horroroso do Muricy Ramalho.

    O trabalho do Muricy é simplesmente horroroso . O time é um catadão em campo.

    três eliminações seguidas para times pequenos dentro do Morumbi , Ponte Preta ,Penapolense e Bragantino.

    Times dirigidos por técnicos que não ganham um terço do salário do Muricy.

    FORA MURICY.

  2. Fora Muricyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy
    fora Muricyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy

    tomar nó tático de Paulo César Gusmão é pra encerrar carreira.

    Ponte Preta , Penapolense e Bragantino ( zona de rebaixamento da2°divisão do Brasileiro) e ainda a quem defenda este treinador superado , obsoleto , arrogante.

  3. Aidar, se vc não entregar seu cargo hoje, escolha que cabeça vai cortar, Muricy ou Ataíde Gil Guerreiro.

    Não dá para admitir este vexame, deixar o futebol do SP ileso.

    Escolha um dos 2 ou entregue o seu cargo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*