São Paulo e BWA: procedimentos de Aidar cada vez mais explícitos

O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, ex-advogado da MSI, de Kia Joorabchian, deixa claro, a cada dia, que não está pra brincadeira no comando do clube.

De cara descobriu-se as negociatas com a SERVENG para beneficiar, com altíssimo comissionamento, seus parceiros de negócios das antigas.

Temerosa, a construtora pulou fora e nunca mais pisou no Morumbi, estádio que estava certa para reformar.

Na sequencia, decidiu rifar a Penalty do clube, colocando no lugar outra fabricante, também intermediada pelos mesmos do episódio referido anteriormente.

Agora, enfim, Aidar dá mostras de suas pretensões nos departamentos de futebol do Tricolor – profissional e amador.

Reuniu-se, durante a semana, com Bruno Balsimelli, dono da BWA, empresa de má-fama amplamente conhecida não apenas pelo público, mas também nos órgãos federais de investigação.

E não se trata de ingressos, mas de “parceria” em contratação de jogadores.

O leitor que acompanha este blog sabe que a BWA tem estreito relacionamento com o que há de pior entre os intermediários de atletas, entre os quais muitos deles associados a organizações criminosas do Leste Europeu.

Em 2009, o próprio São Paulo, sob o comando de Juvenal Juvêncio, tratou de expulsar a empresa do Morumbi.

Dentre várias denúncias sobre os procedimentos da BWA com jogadores brasileiros negociados ao Exterior, publicamos, em 2012, a do empresário Nilton Barbosa, dizedo que até fome os atletas da empresa enfrentaram.

Corinthians, Palmeiras e Santos foram vitimados pela BWA, que emprestava dinheiro a todos, com taxas de agiotagem, e depois tomava posse de atletas da base como garantia de pagamento, que, por razões óbvias, não eram efetuados.

Esquema que, tudo indica, Aidar parece estar disposto a introduzir no Tricolor.

 

Fonte: Blog do Paulinho

5 comentários em “São Paulo e BWA: procedimentos de Aidar cada vez mais explícitos

  1. Não entendi nadinha (desculpem minha burrice).
    No texto a “coisa” começa bem: encontra-se “mal feitos” (com vênia de nossa presidenta) e os corrige.
    Depois vem a parte da tal BWA que, segundo o blogueiro, não é nenhuma BMW (desculpem mas não aguentei). Tem-se a impressão de um passo pra lá, dois pra cá.
    Espero que quem esteja dançando seja, mesmo, o tal blog do Paulinho, que não conheço, mas que parece não ser muito bem visto pelos comentaristas deste, e não nosso tricolo-presidente, que precisa estar sempre certo no rumo que quer colocar nosso SPFC, que precisa, muito, que a atual diretoria não cometa falhas.
    O tempo dirá…

  2. “Fonte: Blog do Paulinho” ??? Quando alguma outra fonte com credibilidade levantar essa suspeita passo a considerar a possibilidade de algo do tipo no meu Tricolor. Até lá essa notícia não passa de fábula pra mim, pois esse Paulinho não merece confiança nenhuma da minha parte e, ao meu ver, não deveria sequer ser reproduzido em um site bacana como esse.

  3. Como eu acabei de responder no post anterior sobre a comissão de 10% da Penalty para o Rui. Corrupção, como bons brasileiros que somos.
    Tira-se um esquema, coloca-se outro no lugar. Parabéns aos envolvidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.