São Paulo deve receber seleções em seus CTs durante a Copa de 2014

O São Paulo decidiu incluir seus dois centros de treinamento na relação de locais a serem escolhidos para receber as seleções que vão disputar a Copa do Mundo de 2014. Inicialmente, o clube havia optado por não participar do processo. O motivo era o contrato de utilização, que dava autonomia às federações e à Fifa para fazerem reformas nos CTs. A diretoria tricolor não queria correr o risco de ver os locais modificados durante o Mundial.

Porém, muitas delegações visitaram os centros de treinamento da Barra Funda e de Cotia, e se interessaram em usar as dependências do São Paulo, sobretudo a que abriga todas as categorias de base do clube. Dessa forma, o clube entrou em acordo com o COL (Comitê Organizador Local) e obteve permissão para negociar diretamente com as seleções que desejam treinar e se hospedar nos locais. Não será preciso fazer nenhuma alteração.

Para conseguir uma carta do COL com a garantia de que não haverá reformas ou nem sequer adaptações, o São Paulo contou com o aval das delegações interessadas em se hospedarem. Nos contatos com os dirigentes das federações, o clube ouviu que as instalações já atendiam aos interesses delas. O comitê paulista para a competição internacional também insistiu para que o São Paulo participasse do processo, em razão dos elogios das delegações europeias.

Mais de dez federações visitaram vários locais de treinamento na capital paulista. Uma das que mais se interessaram pelo CT da Barra Funda foi a delegação dos Estados Unidos. Os norte-americanos, entretanto, deverão ficar hospedados num hotel. Se escolherem o CT do Tricolor, é provável que utilizem apenas oso campos para treinarem, e não os alojamentos.

Já em Cotia, há uma probabilidade grande de receber uma seleção europeia. Segundo a diretoria do São Paulo, o clima isolado do local é muito valorizado pelos países do Velho Continente. No início do mês, a seleção brasileira sub-17 treinou no CT das categorias de base, e o técnico Gallo rasgou elogios.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*