São Paulo consegue adiar semifinal da Sul-Americana e diminui maratona

Depois de contatos telefônicos com CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) e TV Globo, o São Paulo conseguiu alterar nesta quinta-feira (06) a data da primeira partida da semifinal da Copa Sul-Americana. Segundo Carlos Miguel Aidar, presidente da equipe tricolor, o jogo contra o Atlético Nacional foi adiado de 12 para 19 de novembro. A mudança já foi confirmada pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol).

“Vamos jogar contra o Internacional no dia 12 e contra o Atlético Nacional no dia 19. Passei a tarde no telefone, mas consegui fechar isso hoje [quinta-feira]”, disse Aidar em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

Com isso, o São Paulo deixará de fazer quatro jogos seguidos longe de seus domínios. O time encerrará no domingo uma sequência fora de casa (Criciúma (SC), Emelec (Equador) e Vitória (BA), e depois receberá o Internacional no Morumbi.

Inicialmente, a Conmebol havia programado para 12 de novembro o primeiro jogo entre Atlético Nacional e São Paulo. Isso provocou revolta na cúpula tricolor, e o diretor de futebol Ataíde Gil Guerreiro chegou a ameaçar não entrar em campo ou mesmo colocar reservas no duelo contra o Vitória.

“Eles [Conmebol] mandaram um e-mail às 3h40 [desta quinta-feira] porque os colombianos conseguiram liberar os jogadores e puderam jogar no dia 12, que é data-Fifa. Por isso eu estou brigando com a CBF [Confederação Brasileira de Futebol], que foi quem marcou o jogo”, explicou Ataíde.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, o dirigente reforçou as críticas à CBF e chegou a ameaçar um WO no jogo de quarta-feira (12). Segundo ele, o aviso tardio da Conmebol complicou a logística do São Paulo, que não conseguiu encontrar voos para Medellín.

A única opção de logística que o São Paulo conseguiu foi um voo no domingo, data em que o time tem jogo marcado contra o Vitória, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro. A solução, portanto, seria mandar os reservas à Bahia e os titulares para a Colômbia.

Essa possibilidade também foi vista como um problema pela cúpula do São Paulo, que é vice-líder do Campeonato Brasileiro e tem cinco pontos de desvantagem para o líder Cruzeiro. Faltam seis rodadas para o término da competição nacional.

“A solução seria ir para a Colômbia no domingo, mas isso seria horrível. Eu não gostaria de fazer isso. Não quero desistir da Sul-Americana e não é nosso feitio abandonar o Brasileiro, mas em virtude dessa palhaçada que foi feita conosco nós ainda não encontramos outra opção”, relatou Ataíde na tarde desta quinta-feira (06).

A mudança, segundo Aidar, aconteceu após uma série de conversas telefônicas. O presidente precisou de avais da CBF, da Conmebol e da TV Globo para fazer duas mudanças de datas. O jogo contra o Internacional, que será disputado no dia 12, estava anteriormente previsto para o dia 19.

A Sul-Americana dá vaga para a Libertadores de 2015 somente ao campeão. Já o Brasileiro garante um lugar no principal torneio sul-americano aos quatro primeiros colocados.

Um comentário em “São Paulo consegue adiar semifinal da Sul-Americana e diminui maratona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*