São Paulo compra mais 30% de Lyanco e apoia que zagueiro defenda a Sérvia

O São Paulo adquiriu, nos últimos dias, mais 30% dos direitos econômicos do zagueiro Lyanco, que completou 19 anos na última segunda-feira. Agora, o clube detém 80% do jogador – os outros 20% pertencem aos empresários e ao próprio atleta. Para ampliar a parcela que detinha de Lyanco, o São Paulo exerceu cláusula estipulada em contrato. A decisão acontece no momento em que o jovem recebeu o convite da seleção da Sérvia para defender a categoria sub-19 do país.

Além de comprar maior parcela dos direitos do zagueiro, o São Paulo já comunicou que aceitará ceder o jovem para a seleção da Sérvia no início de março, para um amistoso do time sub-19 contra a Espanha. Neto de iugoslavos, Lyanco já deu entrada no pedido para obter a nacionalidade sérvia e manifestou interesse em disputar competições oficiais pelo país – a Sérvia é a atual campeã mundial sub-20 e jogará em julho a Eurocopa sub-19.

Segundo informado por membros da diretoria, o São Paulo entende que ter o jogador selecionado para as equipes de base da sérvia valoriza o produto do clube, principalmente após a compra de mais 30% dos direitos econômicos. A equipe se preocupa em ter o atleta como desfalque em alguns momentos de 2016, mas entende que o benefício será maior permitindo que ele defenda a Sérvia.

Há meses a federação sérvia de futebol monitorava a situação de Lyanco, que ainda não possuía a segunda nacionalidade. Nascido no Brasil, o jogador, que passou pela base do Botafogo e chegou ao São Paulo no início do ano passado, nunca foi convocado por equipes de base do Brasil. Se não houver imprevistos, ele se juntará à Sérvia sub-19 no início de março para um amistoso contra a Espanha e, em julho, poderá jogar a Eurocopa sub-19, competição oficial com a seleção.

O zagueiro não estará impedido de atuar pelo Brasil no futuro mesmo caso participe de torneios oficiais por times de base da Sérvia. Por ser brasileiro e já ter as duas nacionalidades no momento em que escolherá a Sérvia para defender, ele poderá fazer uma nova opção pelo Brasil no futuro.

O São Paulo aposta muito em Lyanco desde que o treinador colombiano Juan Carlos Osorio tirou o atleta da base e o promoveu ao elenco profissional. Na noite do último domingo, o jovem zagueiro atuou no Paraguai pelo time sub-20 na Copa Libertadores da categoria, foi convocado para estar no CT da Barra Funda, em São Paulo, no dia seguinte, e passou uma madrugada viajando para treinar pela manhã devido à preocupação por uma possível lesão de Breno. Na segunda, foi convocado para viajar ao Peru com a delegação para a estreia na Libertadores profissional: 6.3 mil quilômetros percorridos em 36 horas.

 

Fonte: Uol

2 comentários em “São Paulo compra mais 30% de Lyanco e apoia que zagueiro defenda a Sérvia

  1. mais uma vez peço desculpas a todos por não falar d e futebol

    gente domingo é um dia muito importante para a democracia brasileira ,por isso eu peço a quem for protesta faça de maneira ordeira e sem violência e principalmente respeitando a opinião do outro que seja contraria a sua .

    boa democracia a todos

    pra sempre soberano

  2. TORC,O P/ ELE ARREBENTAR NA SELEC,AO POR AQUI VAI FICAR COMPLICADO ENQUANTO TIVERMOS O TEC.PATON ASVEZES ELE PODERA JOGAR E ATE LA PODERA ESTAR LONGE DO SPFC. BOA SORTE LYANCO Q SEUS CAMINHO POSSA CADA VEZ MAIS ABENC,OADO .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*