Esvaziado pela Libertadores, Choque-Rei opõe rivais em construção

Em meio a jogos decisivos pela Copa Libertadores da América, São Paulo e Palmeiras se enfrentam neste domingo, às 11h (de Brasília), pela nona rodada do Campeonato Paulista. O duelo, colocado antes de uma semana na qual ambos viajam no torneio continental, acaba ganhando importância também por reger qual será o ânimo dos paulistanos na busca por triunfos fora do país.

Time com menor descanso, o Tricolor atuou na última quinta-feira contra o River e chegou à capital apenas na tarde da sexta, ficando com menos de dois dias para se preparar até encarar o arquirrival. Com isso, o mais provável é que o técnico Edgardo Bauza escale um time praticamente todo reserva, salvo a presença do goleiro Denis.

Outro que pode atuar é o argentino Jonathan Calleri, suspenso do embate contra o Trujillanos, mas Alan Kardec deve receber a chance de assumir o comando do ataque. Michel Bastos, que retornou de lesão ante o River, também pode marcar presença.

“Nós sempre queremos jogar, ainda mais um clássico, partida tão importante para o clube. Precisamos ver a palavra da comissão técnica e do departamento médico, mas querer jogar eu vou querer sempre”, assegurou Michel, autor de dois gols na temporada.

Alberto Valentim comandará o time interinamente neste domingo (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)
Alberto Valentim comandará o time interinamente neste domingo (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Diante do São Paulo, o Palmeiras será dirigido pelo auxiliar Alberto Valentim, já que o técnico Marcelo Oliveira acabou demitido após a derrota por 2 a 1 contra o Nacional, pela Copa Libertadores da América, mesmo rival desta semana, na quinta-feira, só que dessa vez em Montevidéu. Até o momento, o clube não anunciou seu novo treinador.

Usado como tampão nas temporadas de 2014 e 2015, o ex-lateral direito Alberto Valentim, membro fixo da comissão técnico da Palmeiras, assume o comando do time de forma interina pela quarta vez. Dono de um retrospecto de cinco vitórias, um empate e três derrotas (59,2% de aproveitamento), ele nunca atuou em um clássico.

O zagueiro Edu Dracena, livre de lesão muscular, deve formar a zaga com Vitor Hugo. Na meia, Robinho pode ser substituído por Allione. No ataque, Barrios volta a ser opção após se recuperar de distensão muscular, mas é provável que fique no banco de reservas, com Cristaldo mantido entre os titulares.

Apesar do confronto com o Nacional na noite da próxima quinta-feira, Alberto Valentim pretende usar força total no clássico válido pelo Campeonato Paulista. “A prioridade é o São Paulo. Se todos estiverem aptos fisicamente, vou colocar o que temos de melhor, sem pensar que pode cansar alguém para quinta-feira. Domingo, vamos com força máxima. Só vou poupar se o atleta não estiver inteiro fisicamente”, afirmou o interino.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X PALMEIRAS

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 13 de março de 2016, domingo
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Carlos Augusto de Nogueira Junior

SÃO PAULO: Denis; Caramelo, Rodrigo Caio, Lucão e Carlinhos; João Schmidt, Wesley, Kelvin, Rogério e Michel Bastos; Alan Kardec
Técnico: Edgardo Bauza

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Jean, Allione e Dudu; Gabriel Jesus e Cristaldo
Técnico: Alberto Valentim

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*